Compartilhe

Com apenas 15 anos, menor foi capturado na quinta-feira passada depois de subtrair celular no centro de Palmital

jornal da comarca polícia
Celular foi devolvido à vítima

 Um adolescente de 15 anos foi apreendido na tarde de quinta-feira pela Polícia Militar, acusado de furto praticado na zona central de Palmital. Ele foi detido em sua residência, onde confessou o furto e indicou o local onde estava escondido o aparelho, que foi devolvido à vítima. Mesmo com pouca idade, o menor já tinha 14 passagens pela prática de atos infracionais anteriores e foi autuado na Delegacia da Polícia Civil, de onde foi encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia.

De acordo com registros policiais, a vítima que trabalha em consultório odontológico na Rua Padre Martins, percebeu a falta do seu aparelho celular Motorola depois de atender o adolescente. A PM foi acionada e foi até a residência do menor, na Rua Rui Barbosa. Ele confessou a autoria do crime, disse que havia escondido o aparelho no quintal e indicou onde dispensou o chip do telefone.

O adolescente foi apreendido e apresentado na Delegacia da Polícia Civil, que realizou consulta de delitos e constatou que ele coleciona 14 passagens anteriores por atos infracionais pelos crimes de injúria, lesão corporal, apropriação indébita, ameaça e furto qualificado, dos quais três ocorrências foram registradas somente no último mês de dezembro.

Diante do histórico, o delegado Giovani Bertinatti determinou a apreensão do menor, que foi levado para a Cadeia Pública de Lutécia. Na tarde de sexta-feira, o adolescente passou por audiência de custódia no Fórum da Comarca.

 

Adolescente danifica patrimônio público em Ibirarema

Um adolescente de 15 anos foi apreendido na noite de segunda-feira por dano ao patrimônio público, em Ibirarema. O jovem, que foi localizado pela Polícia Militar logo depois do ato infracional, danificou a porta de um dos imóveis da Praça Getúlio Vargas, área histórica da cidade onde estão os prédios da antiga Ferrovia Sorocabana. O menor foi apresentado no plantão da Delegacia da Polícia Civil de Palmital, onde foi autuado em flagrante.

De acordo com registros policiais, o crime ocorreu por volta das 22 horas, quando o adolescente danificou a porta de madeira de um dos prédios. Pouco depois, ele foi apreendido e apresentado na Delegacia de Palmital para o registro de ocorrência. Acompanhado da mãe, ele foi autuado em flagrante de ato infracional e prestou declarações. Posteriormente, foi liberado para responder ao processo mediante assinatura de termo de compromisso de se apresentar ao Judiciário quando solicitado.

Compartilhe

Deixe uma resposta