ARGENTINA. O jornal argentino Clarin noticiou que a primeira etapa da campanha do trigo foi encerrada com um plantio histórico. A cultura ocupa uma área de 6,6 milhões de hectares, o que supera em 6,5% o que havia sido implantado no ano passado. Na última semana, aproveitando o bom tempo, foram plantados mais de 55.000 hectares. Essa superfície foi implantada em tempo recorde, graças às condições climáticas favoráveis.
AÇÚCAR. Os contratos futuros do açúcar subiram dia (8), após uma forte queda no dia anterior. Em Nova York, o vencimento para outubro/19 foi firmado em 11.43 centavos de dólar por libra-peso, alta de 9 pontos. A tela para março/20 fechou em 12.56 centavos de dólar por libra-peso, alta de 8 pontos. Os demais vencimentos valorizaram entre 6 e 9 pontos. 
CUSTOS.  Os custos de produção das sucroenergéticas do Centro-Sul estão mais elevados a cada safra. Desde a produção da cana aos gastos de processamento industrial, e até mesmo às despesas com vendas, cada fase do processo tem pesado cada vez mais no bolso dos usineiros. As motivações são variadas. Na safra 2018/19, conforme um estudo do Instituto de Pesquisa e Educação Continuada em Economia e Gestão (Pecege), a situação se agravou por conta dos menores preços internacionais do açúcar e da queda na produtividade dos canaviais.
BIODIESEL.  A nova proposta de trens intercidades em estudos pelo governo de São Paulo aponta agora para uma composição com locomotiva movida a biodiesel. O projeto seria viabilizado em uma Parceria Público-Privada (PPP), em que o Estado investiria 50% do capital necessário para a obra e o setor privado, a outra metade.
CAFÉ. A Organização Internacional do Café (OIC) divulgou a atualização dos números referentes às importações realizadas pelos países consumidores em abril de 2019. Segundo ela, a União Europeia adquiriu no período 7,437 milhões de sacas de 60 kg do produto, o que implicou em alta de 5,33% em relação ao volume comprado em março. Os Estados Unidos apresentaram aumento de 1,52% na comparação com março, adquirindo 2,665 milhões de sacas.
MANGA. Segundo informou o Cepea, o custo unitário de produção de manga diminuiu no Vale do São Francisco (PE/BA) de junho para julho. De acordo com mangicultores da região consultados pelo Hortifruti/Cepea, o clima favorável permitiu menores gastos com a cultura, e a produtividade volumosa favoreceu a diluição dos valores.
AGRICULTURA FAMILIAR. A Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento no estado de São Paulo e o Ministério da Cidadania realizaram, dia 8, a Reunião de órgãos públicos para fomento às compras institucionais de alimentos da agricultura familiar, que contou com 135 participantes e representantes de 21 prefeituras, além dos responsáveis por compras do Exército, da Aeronáutica, de institutos federais, do Sebrae, da Conab, da Embrapa, da Ocesp e de universidades públicas.
SAFRA. O Brasil deve colher 241,3 milhões de toneladas de grãos na safra 2018/2019 e superar o recorde da safra 2016/2017, quando foi registrada a colheita de 237,6 milhões de toneladas. De acordo com o levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na comparação com a safra anterior (2017/2018), o crescimento será de 6% ou 13,7 milhões de toneladas. A área plantada está prevista em 63 milhões de hectares, com um aumento de 2% sobre o mesmo período de comparação.
ADIDOS. Peru, Singapura e Reino Unido ganharão postos de atuação de adidos agrícolas junto às representações diplomáticas brasileiras no exterior. Também foi alterado o número de vagas de adidos de três para dois na China e de dois para um na Rússia. Permanecendo o total de 25 adidos agrícolas brasileiros no exterior em 23 países.

Leia também no JC Online

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia