Após superar paralisia, Jairo Ortega retorna às corridas pedestres
Compartilhe

O fundista Jairo Ortega voltou às competições no último final de semana depois de superar a síndrome de Guillain-Barré, que lhe causou paralisia dos membros inferiores e superiores há um ano e meio. O fundista, que passou meses em processo de reabilitação, conseguiu recuperar os movimentos e retornou às competições no domingo passado durante o 5º Fest Run, disputado em Santa Cruz do Rio Pardo.

Jairo, que foi o campeão da primeira edição da prova, completou o percurso de cinco quilômetros e comemorou após a chegada. Durante a disputa, ele recebeu homenagens de atletas e o reconhecimento dos organizadores pela capacidade de superação, bem como pelo histórico de mais de 30 anos como um dos principais nomes do pedestrianismo na região.

“Foi emocionante, pois neste retorno recebi o carinho de todos, além de homenagens. Isto me dá mais força e motivação. Depois de um ano e meio do diagnóstico da doença, quando achei que nem andaria mais, conseguiu voltar a competir”, comemorou Jairo. “Graças a Deus, minha família, meus amigos e aos profissionais que me atenderam, vencemos a terrível síndrome”, completou o atleta.

Jairo lembrou que, antes da doença, ele fazia o percurso de cinco quilômetros em um tempo de aproximadamente 16min30s. “Lá em Santa Cruz eu fiz 24min01s. Porém, cheguei na frente de muita gente”, brincou o fundista, que pretende disputar uma prova por mês a partir de agora. Em abril, estará presente na prova do Centenário de Palmital. “Estou melhorando a performance a cada dia. E continuo com o processo de reabilitação, pois ainda sinto mãos e pés um pouco dormentes e formigando. Agora a corrida é celebrar a vida, de uma maneira normal e da melhor maneira possível”, finalizou.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta