Após três dias, idoso que desapareceu durante pescaria é encontrado vivo no meio da mata
Compartilhe

Homem de 65 anos, morador de Várzea Paulista (SP), estava com um grupo de amigos em Dois Córregos quando se perdeu. Segundo colega, ele estava desidratado e cheio de carrapatos, mas passa bem.

O idoso de 65 anos que desapareceu durante uma pescaria com amigos em Dois Córregos (SP) foi encontrado vivo no meio da mata na manhã desta quarta-feira (25), após três dias de busca.

De acordo com os bombeiros, Juscelino Pereira, morador de Várzea Paulista, não foi mais visto depois de sair para pescar sozinho na noite de domingo (22) nas proximidades do loteamento Maria Vitória.

Segundo Renato Mesquita, amigo de Juscelino, o idoso foi encontrado por pescadores que estavam auxiliando nas buscas. Ele estava deitado, cheio de carrapatos, há cerca de 1 km do local onde desapareceu.

“A gente já estava sem esperanças de achar ele vivo, mas aí o João Carlos que é pescador, mora de frente pra esse lugar e estava dando toda assistência pra gente, estava passando com o barco e viu que um homem levantou e caiu duas vezes no meio da mata, pedindo socorro”, conta Renato.

Juscelino Pereira desapareceu durante pescaria em Dois Córregos — Foto: Arquivo pessoal
Juscelino Pereira desapareceu durante pescaria em Dois Córregos

A partir disso, os pescadores ligaram para os amigos de Juscelino, que foram buscá-lo e o levaram para o hospital de Santa Maria da Serra. Segundo Renato, o idoso está desidratado, cheio de carrapatos e teve perda de memória.

“Ele posou no meio do mato, estava sem comer nada, cambaleando sem rumo. E aí trouxemos ele para o hospital, ele está tomando soro e está bem”, explica Renato.

Ainda de acordo com o amigo, Juscelino estava em um lugar que eles nem imaginavam pois saiu da rota que eles conheciam. Durante as buscas, os mergulhadores chegaram a descartar a hipótese de que ele teria se afogado.

Juscelino contou ao amigo que se perdeu ao tentar levar a chave da casa, que estava com ele, aos amigos de pescaria no acampamento. “Ele sabe o trilho, mas se perdeu, saiu fora da nossa rota de raciocínio”, lembra Renato.

O Corpo de Bombeiros informou que encerrou as buscas e Renato disse que vai apresentar Juscelino na delegacia para cancelar o boletim de ocorrência registrado por desaparecimento. Segundo ele, a família e os amigos estão aliviados de encontrar o idoso com vida.

“Você não tem ideia. Sabe quando a sua cabeça murcha? É muita pressão. Eu não sou filho dele, mas se você falar mal de mim, ele briga com você. ‘Tá’ vendo o tipo de consideração que ele tem comigo? Eu estava mal demais, todo mundo desesperado”, desabafa Renato.

FONTE: G1

Compartilhe