Arquidiocese de Botucatu orienta multiplicar número de missas para evitar aglomeração de fiéis
Compartilhe

A Arquidiocese de Sant’ana emitiu, na segunda-feira (16), um decreto com uma série de orientações às paróquias de Botucatu (SP) para prevenir o coronavírus. Entre eles, está multiplicar o número de missas a fim de evitar a aglomeração de fiéis.

Segundo o decreto, a ideia é aumentar as missas dominicais na matriz de cada paróquia para que elas sejam frequentadas por no máximo 200 pessoas. No entanto, o decreto informa que cada paróquia pode decidir suspender as missas dependendo da situação da cidade.

A orientação também inclui suspender a realização de encontros, assembleias, seminários, retiros, festas e outros eventos da igreja.

Além disso, a sagrada eucaristia será dada nas mãos, o abraço de paz está suspenso e não será permitido dar as mãos ao rezar o Pai Nosso.

Por fim, o decreto informa que é necessário redobrar os cuidados com higiene nas igrejas e facilitar o acesso dos fiéis ao álcool em gel. Idosos e pessoas com problemas de saúde também estão dispensados das obrigações de participar das missas dominicais.

 

Bauru

Em Bauru, a Diocese também emitiu um decreto para tentar impedir a proliferação do coronavírus nas igrejas. O decreto orienta que os fiéis evitem contato físico, que os objetos comuns, como recipientes de água benta, sejam retirados e que os mutirões de confissões de páscoa sejam suspensos.

Além disso, a Diocese pede que os idosos ou fiéis que pertençam a algum grupo de risco da doença não participem da santa missa, e que eles possam acompanhar a celebração pelos meios de comunicação, inclusive recebendo a sagrada comunhão em casa.

Todos os demais encontros, tais como quermesses, promoções, assembleias, retiros, vigílias, grupos de oração, reuniões de pastoral e catequese ficam suspensos por tempo indeterminado.

Compartilhe

Deixe uma resposta