Atendimento em posto de saúde vira caso de polícia na região
Compartilhe

A Polícia Militar precisou ser acionada na noite de quinta-feira (25/07) ao Posto de Saúde (UBS) Hélio Migliari, na Rua Luís Nogueira, no bairro Cohab em Ourinhos (SP). Uma confusão entre paciente e enfermeiro terminou com registro de Boletim de Ocorrência (B. O.) de “Vias de Fato” e “Injúria”.

 

Segundo o relato, policiais militares foram chamados para atender a ocorrência na UBS da Cohab, por volta das 21h38, onde acontecia uma briga entre uma paciente e um enfermeiro.

 

A paciente, uma mulher de 37 anos, disse que aguardava no local para ser atendida, mas percebeu que várias pessoas estavam sendo passadas na sua frente. Por conta disso, ela então resolveu entrar na sala da médica plantonista, para perguntar da demora.

 

Com a atitude da mulher, a médica confirmou a paciente que ela seria chamada em breve, porém teria que aguardar mais um pouco.

 

A paciente então disse que quando estava na sala para ser medicada um enfermeiro, de 31 anos, teria lhe dado “uma lição de moral”.

 

Porém, no momento que o enfermeiro foi medicá-la, a mulher se recusou ser atendida por ele e pediu para ser atendida por outro enfermeiro, e ainda solicitou para que este saísse da sala, o que foi recusado pelo enfermeiro.

 

Neste momento, a paciente teria se apoderado de uma bandeja de inox e arremessado contra o enfermeiro, acertando o seu braço esquerdo, mas, sem lhe causar lesão corporal.

 

Já o enfermeiro contou que a paciente invadiu a sala da médica e teria lhe ofendido com palavras de baixo calão e ele fez questão de ir até plantão policial registrar os fatos.

 

Após os registros, ambos foram liberados e o enfermeiro terá seis meses para oferecer a queixa crime de injúria, que relatou ter sofrido.

Fonte: Passando a Régua

Compartilhe

Deixe uma resposta