Bancos de praça são acorrentados para evitar aglomeração no interior de SP

Uma equipe da prefeitura de Boraceia (SP) passou correntes e cadeados em bancos de praça da cidade como medida para evitar a aglomeração no local, que é muito frequentado por idosos. Os bancos foram acorrentados nesta quarta-feira (25/03) como parte das ações de prevenção ao coronavírus adotadas na cidade.

 

O objetivo é preservar principalmente os idosos, que fazem parte do grupo de risco da Covid-19. Eles são cerca de 13% da população de Boraceia, cerca de 6 mil pessoas. Segundo a prefeitura, também será decretado toque de recolher na cidade. A medida vai funcionar a partir das 21h, após esse horário só estarão autorizados a transitar pelas ruas as pessoas que estiverem trabalhando.

 

BLOQUEIOS EM ACESSOS E MUDANÇAS NA BALSA

E desde terça-feira (24/03), a prefeitura realiza bloqueios sanitários nos trevos de acesso ao município, das 6h às 18h. No período noturno, os bloqueios serão feitos em horários e locais alternados.

 

No bloqueio, serão utilizados termômetros para medição de febre nos motoristas e acompanhantes. Caso aponte temperatura que caracterize febre, a pessoa será encaminhada para atendimento no Centro de Saúde da cidade.

 

Em caso de recusa do atendimento médico, a entrada na cidade não será permitida. Boraceia não tem registro de casos suspeitos do novo coronavírus.

 

OS BLOQUEIOS SERÃO NOS SEGUINTES PONTOS:

Trevo de acesso principal da cidade (SP- 261) rodovia César Augusto Sgaviolli.

Trevo de acesso ao Jardim Paraíso “Trevo das Indústrias” (SP- 261) rodovia César Augusto Sgaviolli.

Embarque e desembarque da balsa Itapuí-Boraceia – Vicinal Joaquim Luiz Nunes.

Em acordo com a Capitania dos Portos de Barra Bonita, o horário de funcionamento da balsa Itapuí-Boraceia deixa de ser feito de meia em meia hora para passar a ser de hora em hora.

 

O limite máximo de veículos por passagem passa a ser apenas de 10. Normalmente, a recomendação é que os ocupantes desçam dos veículos. Com o decreto, a recomendação é para que condutores e passageiros permaneçam dentro dos veículos.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta