Bebê internado pela mãe tem ecstasy, cocaína e maconha no sangue, aponta laudo
Bebê foi internado no CHS em Sorocaba
Compartilhe

Caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba e é investigado; criança está estável.

Um exame apontou que o bebê de um 1 ano e 11 meses internado no Conjunto Hospital de Sorocaba tinha também ecstasy e maconha no sangue. Anteriormente, os médicos já tinham identificado cocaína.

O caso é investigado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sorocaba (SP) desde que a mãe levou a criança há uma semana ao hospital. Na ocasião, o menino passou mal e vomitou. Conforme o relato, ela acreditava que ele teria sido abusado por um homem com quem esteve.

No hospital, os médicos fizeram exames e identificaram as substâncias. A Polícia Civil, então, colheu o depoimento da mãe, que teria problemas com drogas. No entanto, a polícia quer identificar quem deu os entorpecentes ao menino.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que ele não sofreu abuso sexual. A criança permanece internada e ficou sob os cuidados da avó materna, segundo informou o Conselho Tutelar.

A DDM ouviu pessoas próximas da família e quer entender como o menino ingeriu as substâncias.

FONTE: G1

Compartilhe