CAIXA libera HOJE o 1º lote de saques de até R$1.045; veja quem pode receber
Compartilhe

De acordo com o banco, vão ter direito os trabalhadores que possuem contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Neste sábado, 25 de julho, a Caixa Econômica Federal liberou saques e transferências de até R$1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), na modalidade emergencial. A liberação ocorre para os nascidos em janeiro.

De acordo com o banco, vão ter direito os trabalhadores que possuem contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Os pagamentos do FGTS emergencial seguem sendo feitos em duas etapas:

  • Inicialmente, o dinheiro é depositado em poupança digital pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS), mas só pode ser usado para pagar contas, pagar boletos ou fazer compras por cartão virtual.
  • Na segunda etapa, o valor é liberado para saque e transferências

Calendário de saques do FGTS de até R$1.045

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

 

Valor de até R$ 1.045 por trabalhador

O total liberado agora é pelo total de contas. Ninguém poderá tirar mais de R$ 1.045, ainda que tenha duas ou três contas com valores superiores a essa quantia.

Consultar o saldo

  1. Para saber o valor disponível da conta do FGTS, é necessário entrar no site da Caixa ou baixar o aplicativo do FGTS, disponível para celulares tablets.
  2. Após isso, o usuário deverá acessar o site da Caixa, será pedido para que você insira o número do NIS (Número de Identificação Social) ou o CPF e depois clique em cadastrar a senha.
  3. Quando fizer o cadastro da senha, leia o regulamento que vai aparecer na tela e clique em aceito.
  4. Após isso, preencha com os dados pessoais que serão requeridos.
  5. Para finalizar o cadastro, crie uma senha com no máximo 8 dígitos, misturado letras e números e confirme.
  6. Por fim, você retornará para a tela inicial, onde deve colocar os dados do login que você acabou de criar.

Aqueles que já possuem cadastro deve utilizá-lo para fazer login no site ou no app.

Caso você não consiga ter acesso ao site da Caixa ou ao aplicativo FGTS, você pode entrar em contato pelo telefone ligando para o número 0800 724 2019 ou, em último caso, ir até uma agência do banco.

Contas bloqueadas no Caixa Tem

A Caixa Econômica Federal, que tem a responsabilidade pelos pagamentos do FGTS, não revelou o número de pessoas que ainda não receberam. Até então, somente orientou que quem não conseguiu abrir conta poupança digital por falta de informações, como o endereço atual, data de nascimento, nome da mãe, deve procurar atualizar as informações.

Inicialmente, quando foram divulgadas as datas de pagamento, a Caixa não alertou sobre a possibilidade de inconsistências no cadastro, impossibilitando, assim, o recebimento.

O banco disse apenas que a abertura de contas digitais seria de forma automática. Sendo assim, devido ao impasse, o Banco instrui os trabalhadores a verificarem a situação do saque emergencial no aplicativo FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), disponível para smartphones e tablets dos sistemas Android e iOS.

Nesta semana, o banco informou que centenas de milhares de contas no CaixaTem foram bloqueadas por suspeita de fraude. As pessoas que foram afetadas são orientadas pelo app a comparecer a uma agência com documento de identificação para comprovar que não houve irregularidade.

Calendário para o desbloqueio do Caixa Tem em agências de acordo com o mês de aniversário:

  • Janeiro, fevereiro e março: até 24 de julho;
  • Abril e maio: 27 a 31 de julho
  • Junho e julho: 03 a 07 de agosto
  • Agosto, setembro e outubro: 10 a 14 de agosto
  • Novembro e dezembro: 17 a 21 de agosto

Antecipar saques

As parcelas estão sendo depositadas em conta poupança digital social da Caixa. O calendário de saque e transferência começa posteriormente.

Os dois calendários são feitos de acordo com o mês de aniversário do beneficiário e, dependendo do mês, o cidadão pode esperar quase três meses até o dia do saque em espécia será liberado.

Mas empresas de tecnologia financeira, conhecidas como fintechs, dão a possibilidade de ter o dinheiro em mãos antes do segundo calendário. Algumas das empresas mais conhecidas do setor são a PicPay, Nubank, Mercado Pago, C6 Bank, entre outras. Quem tem conta nessas empresas pode transferir o valor do auxílio sem limitação de saque.

FONTE: Notícias Concursos

Compartilhe