Câmara abre CP para investigar vereadora que teria recebido quatro salários
Compartilhe

TCE apontou que Rosemary Arantes (PSL) teria faltado com decoro ao receber salários de quatro órgãos diferentes em 2018.

A Câmara de Vereadores de Mineiros do Tietê (SP) aprovou na noite de quarta-feira (9) a abertura de uma Comissão Processante (CP) para investigar a vereadora Rosemary Arantes (PSL).

Segundo a Câmara, o motivo da abertura da CP seria um apontamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de que ela teria faltado com decoro ao receber quatro salários de quatro órgãos diferentes em 2018.

A partir de agora, os membros da comissão vão iniciar as investigações e têm até 120 dias para concluir a CP.

A vereadora Rosemary Arantes alegou perseguição política e disse que não cometeu nenhuma irregularidade.

FONTE: G1

Compartilhe