Compartilhe

 

 

Flávio Amary esteve em Platina para o sorteio de 81 casas da CDHU

 

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) realizou no início da tarde desta segunda-feira (28 de janeiro) o sorteio definiu os contemplados com as 81 casas populares que estão em fase de conclusão em Platina. O evento ocorreu na quadra da escola municipal Terezinha Aparecida Gonçalves e contou com a presença do secretário da Habitação Flavio Amary, do prefeito Wagner Roberto de Lima, o Vagão, do vice Abel Alves da Silva, do presidente da Câmara Joacir Carro, juntamente com vereadores, e do diretor técnico da CDHU Aguinaldo Quintana. Também estavam presentes o deputado estadual eleito Mauro Bragato, o prefeito de Palmital José Roberto Ronqui e o ex-prefeito de Palmital Reinaldo Custódio da Silva.

Prefeito Vagão destacou a importância da conquista da casa própria para muitas famílias

 

A programação foi aberta com discursos de Joacir, do vice Abel e de Bragato. Em seguida, Vagão fez pronunciamento lembrando do processo de conquista das casas e dos benefícios à população. O secretário Amary destacou o trabalho do governo pelo setor da habitação, bem como enfatizou as propostas do atual governo para garantir moradias à população paulista.

A primeira contemplada foi Cristina Roseno da Silva Oliveira

 

O secretário da Habitação abriu o sorteio com a retirada de cupom da urna dos idosos, que teve como primeira contemplada Cristina Roseno da Silva Oliveira. “Eu nem tenho condições de pagar aluguel, quem paga para mim é a minha filha. É uma emoção muito grande saber que agora vou ter algo que é meu, e que vou poder pagar de acordo com a minha renda”, comemorou ela.

 

Em seguida, houve a definição de titulares e suplentes nas categorias das demais categorias. Além das 5 para idosos e 6 para deficientes, houve 70 unidades sorteadas entre a população geral. Os critérios de enquadramento dos sorteados são definidos pela Caixa. A CDHU irá convocar os sorteados para cadastro e montagem do dossiê, que será encaminhado à Caixa para aprovação do financiamento das unidades.

Centenas de pessoas acompanharam sorteio na quadra da escola Terezinha Gonçalves

 

As casas estão em fase final de construção e  foram viabilizadas por meio do programa “Morar Bem, Viver Melhor”, que utiliza linhas de financiamento do Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, além de recursos da agência Casa Paulista. O empreendimento em Platina foi viabilizado pela Prefeitura, que doou a área para a construção das casas. O banco federal licitou e acompanha as obras, além de investir R$ 5,5 milhões na intervenção. Também há participação da Agência Casa Paulista, com um aporte de R$ 2,6 milhões.

 

As casas contam com 48,81 m² de área construída, com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. As moradias respeitam e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da CDHU, com piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, laje de forro de concreto, medição individualizada de água, acessibilidade, entre outras melhorias. A infraestrutura urbana conta com completa pavimentação, paisagismo, espaço para estacionamento, quadra esportiva, playground, área de lazer e centro comunitário.

 

De acordo com as regras do sorteio, serão definidos os 81 titulares das casas e Até o início de fevereiro, os sorteados deverão ser convocados para comparecer à Caixa Econômica Federal para apresentar os documentos e comprovantes que se enquadram nas exigências do programa habitacional Minha Casa Minha Vida, que fará o financiamento dos imóveis às famílias de Platina.

 

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DO EVENTO

 

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

 

Compartilhe

Deixe uma resposta