Cidades da região controlam entrada e saída de veículos e implantam toque de recolher
Compartilhe

Algumas cidades da região, além de tomar as providências de manter o comércio fechado e evitar a aglomeração de pessoas, estão fiscalizando a entrada e saída de veículos para evitar a circulação de pessoas combater a disseminação do coronavírus.

 

Itápolis

Itápolis decreta toque de recolher como forma de prevenção ao coronavírus — Foto: Roberto Wolfart/TV TEM

A prefeitura de Itápolis (SP) publicou na sexta-feira (20) um decreto com as medidas prevenção ao coronavírus que serão tomadas na cidade.

Uma delas é o fechamento de acessos à cidade, somente um acesso estará liberado na SP-317, que é a entrada principal da cidade na Avenida Carlos Adolfson, rota para a rodoviária da cidade, que será fiscalizado pela Guarda Municipal e Polícia Militar.

O decreto proíbe o ingresso, a saída, a circulação e permanência de ônibus, vans e demais veículos de transporte coletivo com finalidade de compras, excursão e similares. Também haverá controle da circulação de carros de passeio. E os moradores que retornarem de viagens a outros municípios serão colocados em quarentena.

 

Tabatinga

Agentes da Guarda Municipal em uma das barreiras montadas nas entradas de Tabatinga — Foto: Henrique Andrade/O Jornal

A prefeitura de Tabatinga (SP) decretou nesta sexta-feira (20) o fechamento de todos os acessos da cidade a veículos de transporte coletivo como mais uma medida de um conjunto de ações que visam prevenir a contaminação pelo coronavírus. A cidade, conhecida como a “capital do bichinho de pelúcia” por reunir várias indústrias do setor, ainda não registra casos suspeitos da Covid-19.

No decreto, assinado pelo prefeito Eduardo Ponquio Martinez (Democratas), o objetivo da medida é orientar os visitantes que chegam à cidade da necessidade de só entrarem em casos de extrema necessidade.

Ele diz ainda que a medida permite um maior controle das pessoas que passam pela cidade. Além dos veículos de transporte público, carros de passeios também são parados nas barreiras instaladas nas três entradas da cidade.

 

Borborema

A Prefeitura de Borborema decretou nesta segunda-feira (24) que a circulação e permanência de ônibus, vans e demais veículos de transporte coletivo com finalidade de compras, excursão e similares estão proibidas na cidade a partir desta quarta-feira (25).

Estão livres da restrição veículos destinados ao abastecimento de combustível, gêneros alimentícios, medicamentos, insumos hospitalares e similares, suprimentos de lojas agropecuárias, materiais de construção e outros produtos essenciais. Confira todas as informações sobre as restrições na página oficial da prefeitura.

 

Ibitinga

A prefeitura de Ibitinga (SP) também decretou toque de recolher. A decisão foi publicada na noite de segunda-feira (23) no Diário Oficial Eletrônico do município.

No período entre 22h e 5h59, fica proibida a circulação de pessoas na rua, a não ser em casos emergenciais, como serviços de saúde e manutenção, além do transporte de trabalhadores rurais e produtos de abastecimento.

Ônibus turísticos na cidade estão proibidos de circular até o dia 31 de março.

 

Florínea

Em Florínea, motoristas tem a temperatura aferida na entrada da cidade — Foto: TV TEM/Reprodução

A cidade não possui casos suspeitos ou confirmados de coronavírus, porém monitora os veículos que chegam a cidade para orientar os motoristas sobre os sintomas da covid-19 e os cuidados necessários.

Na abordagem, as equipes também aferem a temperatura dos motoristas e passageiros do veículo e, se constatarem estado febril, convidam a pessoa para ir até a Unidade Básica de Saúde (UBS) realizar exames.

 

Pedrinhas Paulista

Quem entra ou sai do município, é abordado por uma equipe da prefeitura para receber as recomendações de cuidado e precisa explicar o motivo de não estar em casa, que é uma das principais ações para evitar a transmissão do coronavírus.

 

 

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta