Cobra de 2 metros provoca pânico e causa fechamento de restaurante
Compartilhe

Uma serpente caninana assustou moradores de Pedro de Toledo, no interior de São Paulo, ao aparecer nas proximidades de um restaurante. Em entrevista ao G1 nesta segunda-feira (02/09), a dona do estabelecimento disse que ficou tão apavorada quando soube da ‘visitante inesperada’ que decidiu fechar as portas.

 

“Se bobeasse ela ia entrar no restaurante”, conta a comerciante Veronica Ferreira da Silva Romualdo, de 47 anos, que ficou trancada no estabelecimento até a chegada de uma equipe da Fundação Florestal de São Paulo.

 

A serpente, que media pouco mais de 2 metros, foi resgatada no final de semana e levada ao Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Itariru. “Veio uma equipe e ela foi capturada, sã e salva. E todos ficaram felizes para sempre, inclusive eu, que morro de medo de cobra”.

 

O comércio fica na Avenida Coronel Raimundo Vasconcelos e, segundo a proprietária, é a primeira vez que uma serpente aparece na área.

 

“Pelos quase 15 anos que eu tenho meu estabelecimento, é a primeira vez que eu vejo esse acontecimento, de uma cobra estar por perto. Graças a Deus teve alguém que avistou ela de longe. Por mais inofensivo que o animal seja, quando se sente ameaçado ele tem sua defesa”.

 

CANINANA

Apesar de ser considerada uma serpente brava, a caninana não é perigosa. O tamanho, que pode chegar a 2,50 metros, pode até assustar, mas ela não possui veneno. Apesar disso, ela pode picar caso se sinta ameaçada. Ao avistar animais silvestres, a recomendação é entrar em contato com a Polícia Militar Ambiental pelo 190.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta