Corpo de menino morto em incêndio estava dentro de guarda-roupa, relatam bombeiros
Compartilhe

O menino de 2 anos que morreu na quarta-feira (16/12) durante incêndio em sua residência em Avaré, onde ele estava com outros cinco irmãos, foi encontrado dentro de um guarda-roupa por dois bombeiros que controlavam as chamas. A informação está no boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil.

Ainda de acordo com o registro policial, o guarda-roupa ficava em um quarto próximo à parte frontal da residência. Segundo os bombeiros, tudo indica que a vítima, Wendrick Miguel Benício Silvino, tenha tentado se proteger do fogo no interior do móvel.

No total, tinham seis crianças, entre 2 e 15 anos. Os cinco irmãos da vítima foram socorridos e encaminhados a uma unidade de saúde da cidade. Uma das crianças que sobreviveu, de 4 anos, sofreu queimadura no pé. O caso foi apresentado no plantão policial de Avaré como incêndio culposo. A perícia técnica foi ao local.

PAIS SERÃO OUVIDOS

Os pais das crianças estavam trabalhando no momento do incêndio. Os seis irmãos, todos menores de idade, estavam sozinhos em casa quando o fogo começou.

Segundo o delegado João Luiz de Almeida, os pais devem ser ouvidos pela Polícia Civil ainda nesta semana. Já as crianças, por causa da idade, vão testemunhar com a presença de uma psicóloga, em data ainda não definida.

O Conselho Tutelar, como órgão de proteção à criança e ao adolescente, informou já ter tomado todas as providências cabíveis e necessárias quanto à proteção das crianças. Cabe agora à polícia conduzir as investigações sobre o caso.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta