• Post category:Polícia
Compartilhe

Acusado foi surpreendido pela PM quando quebrava paredes da construção para a retirada de tubulação metálica; ele foi levado para a Cadeia Pública de Lutécia

 

jornal da comarca polícia
Desempregado quebrou paredes para praticar o furto

 

Um desempregado de 28 anos foi preso na manhã de quarta-feira, na região central da cidade, por furto na construção de uma creche que está sendo construída pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura. O acusado, que possui passagens criminais, invadiu a obra para quebrar paredes e retirar tubulações metálicas, mas foi surpreendido pela Polícia Militar durante o crime. Ele foi autuado em flagrante na Delegacia da Polícia Civil e encaminhado à Cadeia de Lutécia, onde ficou à disposição da Justiça.

De acordo com registros de ocorrência, policiais militares receberam denúncia de movimentação no interior da creche, localizada na Rua Padre Martins, entre os cruzamentos com as ruas Melo Peixoto e Rui Barbosa. Os PMs encontraram o autor que havia arrombado a porta da construção e quebrado diversas paredes com um martelo e também utilizado um alicate para cortar e retirar tubos de ferro e de cobre que estavam instalados na alvenaria.

O desempregado foi apresentado na Delegacia de Palmital, onde o delegado Giovani Bertinatti decretou a prisão por furto qualificado e fez o encaminhamento para a Cadeia Pública de Lutécia. A polícia Científica também foi acionada para perícia no local.

Um encarregado da Prefeitura acompanhou a ocorrência e disse que, em diversos furtos recentes, houve prejuízo de mais de R$ 1 mil em materiais. Os tubos inutilizados na ação criminosa foram entregues ao representante da administração municipal.

Compartilhe

Deixe uma resposta