Enfermeira de Palmital morre após ser contaminada pelo coronavírus
Compartilhe

A enfermeira Catia Cristiane Sartori, de 51 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira na UTI da Santa Casa de Paraguaçu Paulista.

Funcionária da Secretaria de Saúde da Prefeitura, ela foi a terceira vítima fatal do coronavírus nesta semana em Palmital, onde as estatísticas mostram crescimento diário no número de contaminados.

.

Catia começou a apresentar os sintomas do covid-19 no final de dezembro. No último dia de 2020, ela foi internada na Santa Casa de Palmital, onde passou por exame que confirmou o coronavírus.

Devido ao severo comprometimento dos pulmões, foi levada horas depois para a UTI de Paraguaçu Paulista, onde permaneceu entubada.

A enfermeira foi a terceira vítima fatal do coronavírus em Palmital nesta semana.

Na segunda-feira (04/01), um idoso de idosos de 75 anos morreu na UTI da Santa Casa de Assis.

Na quinta-feira (07/01), foi o jovem Victor Coronado Bernardes, de 32 anos, que faleceu na Santa Casa de Ourinhos.

Catia trabalhava como agente comunitária no núcleo do programa Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro Paraná.

Ela, que havia feito aniversário em 29 de dezembro e concluiu a faculdade de enfermagem em 2018, era casada e tinha três filhos adultos, além de um casal de netos pequenos.

Ainda não há informações sobre o sepultamento no Cemitério Municipal de Palmital.

.

Familiares, colegas de trabalho e amigos de Cátia publicaram mensagens de pesar em redes sociais na manhã desta sexta-feira (08/01), lamentando a morte e pedindo que as pessoas se conscientizem sobre a importância da prevenção para conter a propagação do coronavírus.

Entre as mensagens, está a da enfermeira Carolina Valério, com quem a agente trabalhava no ESF Paraná, que é reproduzida a seguir:

“Muito triste!

Catinha, como nós a chamávamos, era uma pessoa de coração bom, que deixa ensinamento de amor ao próximo, não dizia não a ninguém.

Com uma história de vida daquelas de cortar o coração, foi à luta e terminou a faculdade de enfermagem, seu sonho.

Cuidava da mãe, filho, tios, enfim, de todos.

Como profissional dentro do PSF Paraná era impecável.

Cumpriu aqui terra para mim os dois maiores ensinamentos de Jesus.

Honrou pai e mãe.

Amor ao próximo.

Fica o seu exemplo de mãe, mulher e profissional.

Que Deus a receba de braços abertos.

Um dia vamos nos encontrar.

Carolina Valério”

O prefeito Luis Gustavo Mendes Moraes também publicou a seguinte mensagem:

“Hoje o dia também amanheceu mais triste.

Com extremo pesar recebemos a notícia do falecimento da Agente de Saúde, Catia Cristiane Sartori.

Perdemos uma pessoa que se dedicava pela saúde e bem estar da população.

Que Deus conforte o coração de seus familiares e amigos nesse momento de dor e tristeza.

Que todos tenhamos consciência e responsabilidade nesse momento delicado de nossas vidas.

Descanse em paz Catia!!!”

Compartilhe

Deixe uma resposta