Espiritualista fala de mortes de famosos e faz previsão
Trágicas mortes de Boechat, Gabriel Diniz e de outros famosos, tem explicação sobrenatural e Andre Mantovanni faz previsão catastrófica Foto: Reprodução
Compartilhe

Já em meados de junho, nas rodas de conversas entre amigos a sensação é de que 2019 já chegou ao fim diante das tragédias ocorridas no país. Escândalos na política, tristeza no mundo da música e da TV brasileira tomou conta dos brasileiros e vem deixando todos assustados com o que vem nos próximos meses.

O espiritualista André Mantovanni, que já fez revelações bombásticas, explicou na TV um pouco mais sobre essa nuvem que vem atingindo o mundo e ocasionando mortes como a de Ricardo Boechat e Gabriel Diniz.

Mantovanni destacou pontos importantes como a limpeza que aparentemente vem sendo feita no mundo: “Esse é um momento, espiritualmente falando, da limpeza de muitos karmas, e o karma deve ser entendido aqui não como castigo, mas como situações difíceis que muitas vezes fazem com que algumas coisas, algumas pessoas, evoluam”, citando os dramas das mortes de Gabriel Diniz e Ricardo Boechat.

O espiritualista também destacou o fato de pessoas tão queridas pelo público como vítimas de tragédias: “Eu entendo muitas vezes que essas pessoas que passam por essas tragédias, elas de alguma forma, em outras encarnações, outras vidas, outras dimensões, independente do que a pessoa acredite, ela encarna como um anjo, ela se propõe a fazer da experiência dela, uma experiência de aprendizado, se torna um mestre pro mundo, pra quem está ao redor.”

Além disso, André também mencionou que cada pessoa é responsável pelo o que fez e trouxe para essa experiência de vida: “Essas pessoas trazem suas dívidas karmicas, os seus problemas, o seu pacote de evolução. Ou seja, mesmo que se torne um mistério e que a gente não compreenda, e que diante da lei dos homens, daquilo que é moral e ético esteja totalmente fora dos padrões, nós espiritualistas acreditamos em que nada acontece por acaso, tudo está no seu devido lugar e que apesar da gente ter o livre árbitrio, também temos escolhas que carregamos de outras vidas. A gente está em um momento de muita limpeza, de muita purificação.”

O espiritualista também destacou o fato de pessoas tão queridas pelo público vem sendo vítimas de tragédias como no caso de Gabriel Diniz e Ricardo Boechat: “Eu entendo muitas vezes que essas pessoas que passam por essas tragédias, elas de alguma forma, em outras encarnações, outras vidas, outras dimensões, independente do que a pessoa acredite, ela encarna como um anjo, ela se propõe a fazer da experiência dela, uma experiência de aprendizado, se torna um mestre pro mundo, pra quem está ao redor.”

Além disso, André também mencionou que cada pessoa é responsável pelo o que fez e trouxe para essa experiência de vida: “Essas pessoas trazem suas dívidas karmicas, os seus problemas, o seu pacote de evolução. Ou seja, mesmo que se torne um mistério e que a gente não compreenda, e que diante da lei dos homens, daquilo que é moral e ético esteja totalmente fora dos padrões, nós espiritualistas acreditamos em que nada acontece por acaso, tudo está no seu devido lugar e que apesar da gente ter o livre árbitrio, também temos escolhas que carregamos de outras vidas. A gente está em um momento de muita limpeza, de muita purificação.”

Trágicas mortes de Boechat, Gabriel Diniz e de outros famosos, tem explicação sobrenatural e Andre Mantovanni faz previsão catastrófica Foto: Reprodução

Mortes e previsões para o futuro

Sem deixar de justificar a ação dos astros, André falou sobre o aprendizado que através dos planetas, essas tragédias como a morte de Ricardo Boechat e Gabriel Diniz são capazes de ensinar para a população: “A gente tem plutão que é o Deus do mundo dos mortos, do mundo do umbral, que na astrologia ele é um planeta extremamente importante pra fazer as grandes limpezas, as grandes mudanças, as grandes transformações. Então tudo que estava escondido, tudo que estava por debaixo do tapete, por baixo das intenções. Então, Plutão, faz através da expurgação da podridão, que haja uma purificação. Então a gente vai vendo cada vez mais escândalos e escândalos na política, essas pessoas que tem crise de violência, que matam, isso tudo é crise de Plutão, toda a maldade e toda a assombração humana, em vários níveis. Você olha, por exemplo, um político roubando, é como se ele tivesse mostrando pra gente assim: ‘Olha como não é legal roubar e o que você pode causar com isso’. Quando vai uma pessoa e mata a outra e fica essa coisa pesada: ‘Olha o que você tem dentro de você, você também é ser humano, você também é capaz, olha o que a humanidade é capaz de fazer’.”

PREVISÃO

André finaliza fazendo uma previsão para os próximos meses e dizendo que as mortes de Gabriel Diniz e Boechat devem servir de ensinamentos para nós: “E ai a gente vai passando por experiências difíceis, esses trânsitos seguem até 2020, pelo menos até o primeiro semestre de 2020. Inclusive, a gente precisa prestar muita atenção nos meses de Abril e Maio do próximo ano, que são meses pesados também. É o momento da gente ter desespero, desânimo, pessimismo? Não. É um momento pra gente tentar aprender e tentar se reestruturar e ficar mais forte. Porque, às vezes, a gente não pode mudar o mundo, mas pode mudar o nosso mundo.”

Compartilhe