Ex-namorados se agridem com cabo de vassoura e danificam a veículo de aplicativo
Compartilhe

Um ato de agressão entre um casal de ex-namorados gerou danos a um veículo de aplicativo no sábado (09/11), no Jardim Brasília, em Presidente Prudente (SP).

 

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, a briga começou quando a jovem, de 25 anos, que está grávida, passou por um bar onde estava o ex-namorado, de 17 anos. Segundo a mulher, quando seu ex a viu, começou a xingá-la.

 

Momentos antes, de acordo com o registro de ocorrência, o adolescente havia solicitado um veículo através de aplicativo e não viu quando ele chegou. Sua ex-namorada, quando viu o carro se aproximando, dispensou os serviços, dizendo que o adolescente não iria utilizá-lo.

 

Aos policiais, a mulher declarou que, quando o ex-namorado viu que ela havia dispensado o motorista, começou a agredi-lá com um cabo de vassoura.

 

A mulher foi para atrás do veículo solicitado por meio de aplicativo, que ainda estava no local, e começou a atirar mangas e pedras no adolescente. Em seguida, ela se escondeu dentro de um bar.

 

A jovem foi até a Delegacia Participativa da Polícia Civil de Presidente Prudente e registrou ocorrência de ato infracional de lesão corporal e violência doméstica. Foi solicitado exame de corpo de delito.

 

DANOS NO VEÍCULO

O motorista do aplicativo, de 23 anos, também registrou ocorrência na Delegacia Participativa devido aos danos causados em seu veículo. Segundo descrito no boletim de ocorrência pelo motorista, ele estava com o carro estacionado quando viu o adolescente sozinho e depois, a mulher indo até ele com algumas moças. Momento em que começaram a discutir.

 

O rapaz estava acompanhado de um amigo, que entrou no carro do condutor do aplicativo e começou chamá-lo para entrar também. No entanto, segundo o motorista, o adolescente foi até uma residência e quando retornou, voltou a discutir com a ex-namorada, que pegou um cabo de vassoura e começou a bater no carro solicitado.

 

A mulher, conforme o boletim, só parou de bater no veículo, porque o condutor dirigiu por alguns metros. Logo depois, o rapaz que estava no interior do carro, saiu. O condutor do veículo alega que o registro da ocorrência é por conta dos danos causados em seu carro, para que os fatos sejam apurados.

 

A mulher afirma ainda que, não atingiu diretamente o veículo com o cabo da vassoura. Em sua versão, ela alega que tacou o objeto na direção do ex-namorado, que estava próximo ao carro e, sem intenção, atingiu o veículo.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta