Família procura por cândido-motense desaparecido no Paraná
Compartilhe

O jovem Kelvin Willian Gomes Ferreira, de 23 anos, está desaparecido desde o dia 26 de junho.

Os familiares de Kelvin Willian Gomes Ferreira, de 23 anos, pedem ajuda para encontrar o rapaz, que não dá notícias desde o dia 26 de junho. Segundo a família, que mora em Cândido Mota, o jovem se mudou no dia 20 de junho para Arapongas/PR, com o objetivo de ‘mudar de vida’. Segundo a família, morando na casa da família de uma amiga, eles tiveram um desentendimento e Kelvin desapareceu com seus pertences sem dar qualquer notícia aos parentes.
Ainda conforme a família, o jovem trabalhava como servente de pedreiro em Arapongas e um dia antes do desaparecimento, havia conseguido um trabalho com registro em carteira, que iniciaria no dia 28 de junho.
Um vendedor ambulante informou os familiares que Kelvin foi visto pedindo dinheiro na rodoviária de Apucarana há duas semanas.
A mãe, Kelly de Paula Gomes dos Santos, disse estar ‘muito preocupada’. Ela pede para quem tiver alguma informação, avisar a família. “Quem está pedindo é uma mãe desesperada. Já fiz o que eu pude e eu não tenho condições de ir atrás dele lá no Paraná. Não sei como ele está, se está com barba, sujo, se alimentando ou passando frio”, disse.
Caso alguém tenha alguma informação sobre o paradeiro do jovem, pode entrar em contado pelos telefones (18) 99614-7210 ou (18) 99724-7958. Um boletim de ocorrências foi registrado na delegacia de Apucarana/PR.

Fonte: O DIÁRIO DO VALE

Compartilhe

Deixe uma resposta