Filha de palmitalense atua na novela Malhação
Compartilhe

Beatriz Damini interpreta a personagem Martinha na atração da Rede Globo; seu pai, o engenheiro Adalberto Damini, pertence a família tradicional da Água da Espanholada

 

A atriz Beatriz Damini, que ganhou destaque na novela “Malhação – Toda Forma de Amar” exibida pela Rege Globo, é filha do engenheiro palmitalense Adalberto Damini. Com apenas 20 anos, ela interpreta a personagem Marta na atração televisiva que vai ao ar nas tardes de segunda a sexta-feira.
Beatriz é neta de Abílio Damini, que foi comerciante estabelecido na Água da Espanholada e figura de destaque nos negócios e na política de Palmital, onde foi vereador na década de 1950.

A jovem, filha de Adalberto com a administradora Silvana Castro Damini, nasceu em Sorocaba e se desenvolveu artisticamente como atriz e cantora. Na novela destinada ao público adolescente, cuja nova temporada estreou em abril, sua personagem namora com Filipe (Pedro Novaes), por quem é apaixonada e tem muitos planos para o futuro. Porém, sua ambição prejudica o relacionamento com os demais integrantes da trama.

Beatriz foi revelada pelo Projeto Passarela para a série “Assédio” da Globoplay e teve experiências como modelo e atriz de comerciais antes de ganhar um papel na novela juvenil. Desde que foi contratada pela Globo, ganhou notoriedade entre os fãs de Malhação e concedeu entrevista para diversos veículos de comunicação e sites especializados, sempre lembrando de suas raízes no interior paulista e o espírito de menina que quer influenciar toda a atual geração de jovens.

Além da atuação como atriz, a música também faz parte da vida de Beatriz. Ela começou em um canal no YouTube em 2016, quando fazia intercâmbio nos EUA, quando fez alguns covers. No Instagram, ela também compartilhou filmagens de seu momento voz e violão e, no futuro, pretende gravar um disco com suas músicas, além dos planos de participar de filmes, séries e peças de teatro.

O comerciante Abílio Antônio Damini, o Abilinho Damini, falou do talento musical da sobrinha que sempre gostou de música raiz e fez dupla com o irmão Adalberto Damini Júnior, estudante de medicina e considerado “craque” na viola por familiares. Ele contou que Beatriz vem com frequência a Palmital, acompanhada dos pais, para visitar familiares. A última vez, informou, foi a cerca de quinze dias.

Compartilhe

Deixe uma resposta