Frente fria muda tempo a partir desta quinta-feira (23/07), com ventos e pancadas de chuva
Compartilhe

O tempo firme em grande parte do Brasil tem ajudado na manutenção de diversas culturas no Sudeste e Centro-Oeste. No Brasil central, a previsão do tempo não indica chuva tão cedo. No Sudeste, há expectativa de algumas pancadas isoladas e uma nova onda de frio só na semana que vem, nos últimos dias de julho.

 

 “Estamos monitorando esse frio que pode afetar Rio Grande do Sul, interior de Santa Catarina e sul e sudoeste do Paraná, com mínimas de 3 °C. Algumas lavouras de cana e milho tardio do sul de Mato Grosso do Sul também podem ter danos pontuais”, afirma o meteorologista Willians Bini, da Somar.

 

Já a partir desta quinta-feira (23/07), a chegada de uma nova frente fria aumenta a condição para chuva no extremo sudoeste do Rio Grande do Sul, na forma de pancadas isoladas. As rajadas de vento ganham força em todo o estado, e também de Santa Catarina ao sudoeste do Paraná, onde podem ultrapassar 50 km/h. O tempo seco e quente ainda vai predominar nas demais áreas da região Sul, sem previsão de chuva por enquanto.

 

Na sexta-feira, 24, e também no sábado, 25, a frente fria volta a espalhar chuva no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e extremo sul do Paraná. Apesar de não ser volumosa, a precipitação já proporciona um alívio no calor e também no baixos índices de umidade relativa do ar.

 

Após a passagem desse sistema, as temperaturas despencam em toda a região, com máximas que não devem ultrapassar 20 °C em grande parte do Sul no fim de semana. “De qualquer maneira, o combo frente fria mais massa de ar polar previsto para a semana que vem é mais forte do que o desta semana”, finaliza Bini. As chuvas e o frio devem avançar mais pelo Centro-Sul do Brasil.

Fonte: Canal Rural

Compartilhe

Deixe uma resposta