Frio de -8°C em Santa Cataria e Paraná bate Patagônia e até algumas bases polares
Impressionante paisagem coberta de gelo hoje cedo no Planalto Sul de Santa Catarina com frio de até 8°C abaixo de zero | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online
Compartilhe

Frio foi excepcional na madrugada e no amanhecer de terça-feira (20/07) em áreas do Sul do Brasil com marcas que somente são observadas nas mais intensas ondas de frio e que de tão baixas chegaram a ser menores que as mínimas registradas hoje em cidades da região da Patagônia e em algumas bases na Antártida em pleno inverno.

Santa Catarina e o Paraná anotaram as mínimas mais extremas na terça com marcas de 8ºC a 10º C abaixo de zero. A mínima na estação do Instituto Nacional de Meteorologia em General Carneiro, no Sul do Paraná, raramente é observada na localidade e chegou a 7,9ºC negativos. Trata-se de uma marca mais típica de Urupema ou São Joaquim, mais ao Sul e localidades mais altas, nas mais fortes ondas de frio e não de uma cidade do Paraná, mesmo que a estação encontre-se a 1.009 metros de altitude.

O frio foi intenso em outras áreas do Paraná com muitas cidades amanhecendo abaixo de zero. De acordo com dados do Instituto Tecnológico Simepar, os termômetros indicaram mínimas de -3,7ºC em Pinhão, -3,6ºC em União da Vitória, -2,9ºC em Palmas, -2,8ºC em Lapa, -2,7ºC em Colombo, -2,5ºC em Guarapuava, -2,2ºC em Palotina e -2,0ºC em Ponta Grossa. Na capital Curitiba, o órgão paranaense anotou 0,9ºC.

FRIO MUITO INTENSO A EXTREMO TAMBÉM EM SANTA CATARINA

O amanhecer de terça-feira foi congelante em muitas áreas de Santa Catarina e com mínimas extremas na região do Planalto Sul. A Epagri/Ciram registrou -8,2ºC na sua estação de Urupema, -7,3ºC em Bom Jardim da Serra, -7,0ºC em Urubici, -6,0ºC em Curitibanos, -5,2ºC em Fraiburgo, -5,1ºC em Caçador, -4,9ºC em Frei Rogério, -4,8ºC em Painel, -4,7ºC em Monte Castelo e -4,0ºC em Santa Cecília. Na capital Florianópolis, no Norte da ilha, a mínima foi de 3,2ºC.

MÍNIMAS MENORES QUE NA PATAGÔNIA E BASES POLARES

As mínimas de -7,9ºC no Paraná e de -8,2ºC em Santa Catarina foram mais baixas que em todas as medições de hoje da Patagônia do Serviço Nacional de Meteorologia da Argentina e, inclusive, mais baixas que em algumas bases na Antártida em pleno inverno austral.

De acordo com dados do SMN da Argentinas, as mínimas de hoje no Sul do país foram de 0,9ºC em Ushuaia, -0,6ºC em Rio Grande, 1,9ºC em Rio Gallegos, -0,5ºC em El Calafate, 3,0ºC em Puerto Deseado, 8,1ºC em Comodoro Rivadavia, 4,8ºC em Perito Moreno, 4,9ºC em Trelew, 5,1ºC em Esquel, -5,0ºC em Maquinchao, e -0,7ºC em Bariloche. A menor temperatura em toda a Argentina hoje de -7,4ºC em Uspallata ficou acima das mínimas de General Carneiro (PR) de -7,9ºC e de Urupema (SC) de -8,2ºC.

As marcas extremas de Santa Catarina e do Paraná foram mais baixas até que as anotadas nesta terça em algumas bases na Antártida. Como, por exemplo, a base Orcadas (Argentina) com -6,6ºC, Base Carlini (Argentina) que teve -7,8ºC, Centro Antártico Eduardo Frei (Chile) que anotou -6,6ºC, base Arturo Prat (Chile) com -5,9ºC, base Bellingshausen (Rússia) que desceu a -5,8ºC, e a base King Sejong (Coreia do Sul) que anotou uma mínima de -6,6ºC.

Estas são estações na península antártica, a parte menos fria do continente gelado, mas no interior da Antártida chegou a fazer quase 70ºC abaixo de zero hoje cedo. Fez -69,9ºC na estação de Amundsen-Scott e -68,3ºC em Vostok.

Fonte: MetSul

Compartilhe

Deixe uma resposta