Governo aprova projetos de Palmital e Ibirarema para eventos de final de ano
Compartilhe

Palmital e Ibirarema tiveram projetos aprovados em Chamada Pública realizada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Os municípios receberão recursos para realizar eventos durante o final do ano dentro por meio dos programas “Tradição SP” e “Circuito SP”. As iniciativas buscam apoiar as prefeituras para o fortalecimento das expressões culturais populares tradicionais em cada comunidade e para a realização de espetáculos de música e artes cênicas.

 

Os projetos são viabilizados por meio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (Apaa), que recebeu inscrições dos municípios e fez a seleção dos projetos a serem contemplados para este ano. Ambas as conquistas contaram como apoio do deputado estadual Mauro Bragato, que intercedeu junto ao governo paulista em atendimento a pedidos feitos pelos prefeitos de Palmital, José Roberto Ronqui, e de Ibirarema, Thiago Briganó.

 

Palmital receberá recursos de até R$ 15 mil, por meio do programa “Tradição SP”, para a montagem de infraestrutura e para a cobertura de despesa de dois eventos. Um deles é o 1° Encontro de Folia de Reis “Adão Faceiro”, que está previsto para ocorrer no dia 7 de dezembro. Outro é a terceira edição do Festival de Violas e Ponteios Jacó e Jacozinho, marcado para os dias 13 e 14 de dezembro.

 

Ibirarema será beneficiado pelos dois programas para a realização de eventos durante a programação natalina deste ano, cujo tema será “Parque das Renas”. Pelo “Tradição SP”, a Prefeitura receberá R$ 15 mil para a contratação de espetáculo a ser realizado na praça da Matriz, que receberá decoração especial e estará aberta à visitação durante todo o mês de dezembro.

Por meio do “Circuito SP”, Ibirarema também terá recursos de R$ 60 mil para a contratação de três shows que integrarão a programação, cada um ao custo de R$ 20 mil. “Vamos definir as atrações em breve”, disse o prefeito Thiago Briganó, que esteve na semana passada, acompanhado de Mauro Bragato, em audiência com o Paulo Pimenta, chefe de gabinete do secretário de Cultura Sérgio Sá Leitão.

Compartilhe