Grupo de motociclistas fica ‘preso’ na Argentina em quarentena pelo coronavírus
Compartilhe

Um grupo de seis amigos do interior de São Paulo, quatro deles de Assis (SP), que fazia um passeio de motocicleta pela Argentina está retido em um hotel da cidade de Embarcación, na província de Salta.

O motivo da “prisão forçada”, vigiada por escolta policial, seria o cumprimento de quarentena como prevenção ao contágio pelo coronavírus.

Os motociclistas entraram na Argentina no último dia 11 de março e pretendiam viajar pelo país vizinho. Quando perceberam a gravidade da situação de risco pelo coronavírus, decidiram voltar.

Mas, ao parar em um hotel na noite desta terça-feira (17), o grupo foi surpreendido pela polícia local, que determinou que não poderia deixar o hotel. Eles estão escoltados e não podem sequer sair às ruas até que termine o período de quarentena.

Do grupo, dois moram em Assis, outros dois são nascidos na cidade, mas moram em Sorocaba e Araraquara, um é de Mogi Mirim e outro de Sorocaba.

Os motociclistas gravaram um vídeo em que relatam a situação de “prisão” e destacam que todos estão bem e sem qualquer sintoma da Covid-19. Eles alegam que, com um dia de viagem, o grupo sairia da Argentina e chegaria a Foz do Iguaçu, no Brasil.

Segundo um dos motociclistas, Luís Aurélio de Oliveira, o grupo entrou em contato com os policiais, que teriam aceitado liberar todos na próxima quinta-feira (26).

Oliveira contou que a viagem entre os amigos estava sendo programada desde o ano passado. Um funcionário do hotel também está em quarentena no local por ter feito contato com a turma de brasileiros.

Em nota, o Itamaraty informou o caso dos brasileiros na Argentina “está sendo acompanhado pelos consulados do Brasil naquele país”.

A nota diz ainda que o Itamaraty “está trabalhando com total prioridade para viabilizar, em coordenação com outros governos […], o retorno ao Brasil dos viajantes brasileiros que enfrentam dificuldades em países estrangeiros por restrições ligadas ao coronavírus”.

Grupo de motociclistas retido na Argentina em quarentena pelo coronavírus gravou vídeo relatando a situação: "Estamos bem" — Foto: Arquivo pessoal

 

 

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta