Grupo é preso suspeito de furtar e roubar casas em dois condomínios fechados
Imagens de circuito de segurança mostram assaltantes em uma das casas invadidas nos condomínios de Piratininga
Compartilhe

Quatro jovens invadiram dois residenciais e num deles ameaçaram vítima com uma faca para roubar objetos, como roupas, tênis e celular. Grupo fugiu a pé, mas foi localizado e preso pela PM.

Quatro jovens foram presos na manhã desta terça-feira (18) após uma série de furtos e roubo em condomínios de Piratininga (SP). Em um deles, uma vítima foi rendida sob ameaça de faca.

De acordo com informações do 13º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), os quatro suspeitos deixaram o bairro Santa Edwiges, em Bauru, onde moram, e foram para Piratininga com um motorista de aplicativo.

Inicialmente, o grupo invadiu o primeiro condomínio atacado e furtou pertences de moradores, como roupas e tênis. Imagens de circuito de segurança mostram os assaltantes em uma das casas invadidas.

Na sequência, o grupo se deslocou a um condomínio vizinho, ambos próximos à Rodovia Elias Miguel Maluf e, segundo o relato de uma moradora, os criminosos tentaram amarrá-la e a ameaçaram com uma faca em seu pescoço.

Suspeitos em ação em um dos condomínios de Piratininga — Foto: Circuito de segurança/Reprodução

Suspeitos em ação em um dos condomínios de Piratininga

O grupo fugiu a pé levando objetos como roupas, tênis e um celular, mas os criminosos, com idades entre 18 e 20 anos, foram localizados pela Polícia Militar na posse dos objetos furtados.

Com os assaltantes, uma das vítimas do primeiro condomínio reconheceu um tênis e roupas com os criminosos. Como havia muitas roupas com os suspeitos, a PM suspeita que eles tenham furtado mais de uma residência.

Os suspeitos foram levados para a delegacia de Piratininga, onde acabaram presos por roubo e formação de quadrilha.

FONTE: G1

Compartilhe