Compartilhe

Apreensão foi possível graças à operação conjunto entre as Polícias Militar e Federal, a partir de denúncias de vizinhos da área usada para desembarque da droga

Operação conjunta das Polícias Federal e Militar de Estado de SP resultou a apreensão de um helicóptero “recheado” de cocaína na tarde desta sexta-feira (21), em Racharia.

Um helicóptero da marca Robinson, do modelo R44, que transportava quase 250 quilos de cocaína, já havia descarregado a droga e iria reabastecer para seguir viagem.

Aeronave seria reabastecida para deixar o local onde foi descarregada a droga


Os policiais federais receberam informações de que uma aeronave estaria fazendo diversos pousos e decolagens suspeitos em uma área de plantação de cana-de-açúcar. Após identificarem o local, os policiais federais, contando com o apoio do helicóptero Águia, da Polícia Militar do Estado de São Paulo, abordaram a aeronave e encontraram a carga de droga, que totalizou 247 quilos.


Três homens, com idades entre 26 e 34 anos, foram presos em flagrante, incluindo o piloto do helicóptero e outros dois suspeitos de dar apoio em solo para o reabastecimento da aeronave e a retirada da droga. Eles irão responder por tráfico de droga e associação para o tráfico.


A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Federal, em Presidente Prudente (SP), para onde o helicóptero apreendido com a droga foi levado por um caminhão de guincho via transporte terrestre.


Também foi apreendida uma picape que dava apoio terrestre ao transporte da cocaína, pois havia no veículo um galão de combustível que a polícia suspeita de que seria utilizado no reabastecimento da aeronave.


O delegado Daniel Coraça Júnior, da Polícia Federal, explicou que quando os policiais chegaram ao local da apreensão do helicóptero, os tabletes de cocaína já haviam sido retirados da aeronave. Segundo ele, os traficantes não tiveram tempo de fazer o reabastecimento do helicóptero e acabaram presos quando os policiais chegaram ao local.


Também foram encontrados escondidos em uma mata próxima galões de combustível que seriam utilizados no reabastecimento do helicóptero.
Os três homens presos, segundo a Polícia Federal, confessaram o envolvimento com o transporte da droga.


O delegado salientou que a Polícia Federal já tem recebido denúncias de voos suspeitos de fazer o transporte de droga na região de Presidente Prudente.,

Compartilhe