Compartilhe

Um homem de 30 anos, que já é conhecido nos meios policiais pela prática de crimes, foi detido pela Polícia Militar na manhã de terça-feira acusado de furto de celular no centro de Palmital. Ele teria invadido a residência da vítima, uma idosa de 74 anos, e fugiu depois que sua presença foi percebida no local.

Conforme registros de ocorrência, o crime aconteceu pouco depois das 11 horas, quando o acusado teria invadido a residência da idosa, na rua Padre Martins. Depois que sua presença foi percebida pela vítima e uma testemunha, de 33 anos, o homem fugiu do local.

A equipe da PM foi acionada e recebeu informações sobre as características do suspeito que havia saído da residência. A vítima informou que seu celular da marca Motorola havia sumido. Os policiais realizaram buscas e conseguiram localizar o homem, que foi reconhecido pela idosa e pela testemunha.

Apesar da detenção do suspeito, a equipe PM não localizou o aparelho que teria sido furtado da casa da vítima. A idosa informou que há câmeras nas proximidades de sua residência que podem ter registrado a ação do homem e que servirão para auxiliar no esclarecimento dos fatos.

A ocorrência foi apresentada na Polícia Civil. Pela falta de localização do celular, não houve a possibilidade de comprovação da materialidade do delito, mesmo com o reconhecimento do suspeito. Como não havia elementos para o flagrante, o homem foi liberado e a equipe da Delegacia de Palmital deve prosseguir na apuração do caso.

Compartilhe

Deixe um comentário