Homem que decapitou mulher é condenado em Paraguaçu Paulista
Compartilhe

O Tribunal do Júri condenou na quinta-feira (03/09), a mais de 16 anos de prisão, Manoel de Oliveira Farias de 36 anos, acusado de matar e decapitar Elizabeth Alvarenga Rodrigues, de 38 anos, em um crime ocorrido em 12 de setembro de 2017, em Paraguaçu Paulista.

O júri, que foi presidido pelo juiz Tiago Tadeu Santos Coelho, Juiz de Direito da 1ª Vara Cível do Foro da Comarca de Paraguaçu Paulista (SP), deu a sentença de 16 anos, 7 meses e 15 dias de reclusão para Manoel de Oliveira, que além de decapitar, chegou a esconder a cabeça da mulher.

No dia dos fatos, o corpo de Elizabeth foi encontrado decepado por volta das 10h em uma propriedade rural de Paraguaçu Paulista.

Um sitiante estava andando, atrás de seu gado, quando urubus lhe chamaram atenção. Ele se aproximou e encontrou o corpo de Elizabeth, que estava nua, e com a cabeça decepada.

A cabeça da vítima foi encontrada cerca de meia hora depois, enrolada em uma peça de roupa e jogada em um mata-burro.

O autor do crime foi preso no mesmo dia após uma denúncia anônima e confessou ter matado Elizabeth depois de uma briga por causa de drogas.

A discussão teria ocorrido porque a vítima havia consumido crack que pertencia a ele.

Fonte: i7 Notícias

Compartilhe

Deixe uma resposta