Ibirarema comemora 75 anos de emancipação neste sábado

Prefeitura realiza programação festiva na praça da Matriz; à noite ocorre lançamento do projeto natalino “Parque das Renas”

 

A Prefeitura realiza neste sábado uma grande comemoração aos 75 anos de emancipação política de Ibirarema. A programação, organizada pela Comissão de Eventos, contará com ato cívico, atividades de lazer, apresentações artísticas e ação de cidadania na praça da Matriz. Durante o dia festivo, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano também fará o sorteio de casas populares para famílias de baixa renda.

A partir das 9 horas, conforme a programação divulgada pela Comissão de Eventos, ocorre o ato cívico na praça da Matriz e a distribuição de bolo comemorativo. Das 13 às 17 horas, será realizada a Ação Solidária, com a prestação de serviços à população e atividades de lazer para a comunidade. Toda a programação será acompanhada da Feira da Lua.

À noite, ocorre apresentação do projeto Guri e a inauguração do projeto natalino, com o acendimento da iluminação da decoração na praça, cujo tema deste ano é “Parques das Renas”. A programação será encerrada com show da banda Jet Boys, a partir das 22 horas. Amanhã, a partir das 6 horas, também ocorre o 3º Desafio de Montain Bike, com concentração na praça da estação ferroviária. Ao meio-dia, ocorre show com a banda Helena de Tróia.

CASAS – A CDHU, órgão da Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo, realiza neste sábado, às 15 horas o sorteio público das famílias contempladas com 91 casas populares do conjunto Délcio Briganó. O evento ocorre no ginásio Omar Nogueira, com entrada restrita aos participantes do processo, que tem aproximadamente 500 inscritos. A programação deverá ser acompanhada por representantes da equipe do governador João Doria, pelo prefeito Thiago Briganó, por autoridades locais e por convidados.

HISTÓRIA – Ibirarema se originou de um pequeno povoado denominado Pau D’Alho, localizado nas margens de um pequeno rio homônimo. A espécie de árvore de madeira mole e com forte odor de alho, abundante na região, emprestou o nome ao córrego e ao vilarejo. Em 1913, a chegada da Estrada de Ferro Sorocabana fez com que alguns moradores se mudassem para as proximidades dos trilhos, tendo como pioneiros foram João Corrêa e Nadário Marana.

Em 1914, após a inauguração da Sorocabana, o novo povoado começou a progredir extraordinariamente, atraindo cada vez mais moradores. Em 1922, por meio da Lei nº 1.889, de 11 de dezembro, foi elevado à condição de Distrito de Pau D’Alho e posteriormente anexado ao município de Salto Grande. O Distrito foi transformado em município de Ibirarema pelo Decreto-Lei nº 14.334, de 30 de novembro de 1944 e instalado a 1º de janeiro de 1945, ganhando autonomia político-administrativa própria e tendo como sede do Poder Judiciário a Comarca de Palmital.

Com terras férteis e planas, o município tem como base econômica a agricultura e a agroindústria da cana-de-açúcar. A Usina Pau D’Alho, que era grande fonte de geração de empregos e arrecadação aos cofres municipais, fechou as portas em 2012. A indústria foi adquirida por empresários de Palmital e deve retomar a produção em 2020. Paralelamente, a Prefeitura criou o Distrito Industrial às margens da Raposo Tavares, que oferece completa infraestrutura para instalação de empresas, além de fomentar o turismo como nova fonte de renda para o município.

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia