Indígena morre após bater moto em caminhão em rodovia
Compartilhe

Morador da aldeia Nimuendaju, em Avaí (SP), não tinha habilitação e não resistiu depois do acidente na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros.

Um indígena de 30 anos morreu depois de bater a moto que pilotava na traseira de um caminhão semirreboque na noite desta quinta-feira (3) em Duartina (SP).

O acidente aconteceu na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros. Segundo a Polícia Rodoviária de Marília, o motociclista seguia no sentido interior quando houve a colisão e ele morreu no local.

A polícia informou que o indígena era morador da aldeia Nimuendaju, na reserva de Araribá em Avaí, e ele não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Já o caminhoneiro não se feriu no acidente e o teste do bafômetro deu negativo. A perícia técnica esteve no local e vai investigar as causas do acidente.

FONTE: G1

Compartilhe