Jornal da Comarca comemora 26 anos de atividades com tradição e inovação
Compartilhe

O Jornal da Comarca comemora nesta quarta-feira (02/09), 26 anos de atividades com a certeza da missão cumprida em sua proposta inicial, com o status de importante veículo que registrou o cotidiano de Palmital e região durante as últimas duas décadas e meia e a certeza de que pode prestar ainda mais serviços de informação a seus milhares de leitores.

A empresa acompanhou as evoluções tecnológicas e se modernizou para oferecer a informação precisa e com credibilidade para manter a população bem informada, características que são suas marcas desde a fundação. Atualmente, produz versões impressa e digital.

O JC mantém desde a sua primeira edição, publicada em 2 de setembro de 1994, a proposta do jornalismo focado nos acontecimentos e assuntos de interesse locais e regionais.

Estudiosos do jornalismo impresso concluíram que, diferente dos grandes jornais, a imprensa do interior tem como missão publicar as decisões, as reivindicações e os fatos locais e regionais. “Isso leva o jornal do interior a ser a principal fonte de informação, transformando-o no melhor ponto de encontro entre quem quer vender ideias e quem quer comprar ideias. Nada substitui a visão local”, como escreveu o historiador Dirceu Fernandes Lopes.

Esta priorização possibilitou maior envolvimento com a comunidade, tornando o jornal uma importante fonte de pesquisa e de registro da história do município, além de possibilitar o esclarecimento das pessoas para a formação de uma opinião pública embasada em fatos reais.

E a tendência se mantém, mesmo com as modernas ferramentas de comunicação e interação dos dias atuais. Com o grande volume de dados duvidosos e as chamadas “fakenews”, o JC se fortalece como fonte confiável de informação.

O jornal, fundado pelo jornalista Cláudio Batista Pissolito, elevou a informação a novo conceito, tanto na linguagem quanto na filosofia de trabalho, sempre acompanhando os fatos e seus desdobramentos, ouvindo pessoas que viveram a história do município e, que, por meio de seus relatos, contribuíram para que as informações fossem registradas no JC para a posteridade.

Assim, o jornal mantém grande penetração em todas as faixas da população graças à fidelidade de seus leitores, principalmente em decorrência do elevado número de assinantes e assíduos consumidores das notícias locais.

LINHA EDITORIAL

O JC foi inovador na imprensa escrita de Palmital e sempre desenvolveu seu trabalho voltado à organização e a divisão de matérias em temas específicos, facilitando a leitura e a localização dos assuntos pelos leitores. As pautas priorizam os assuntos locais e os fatos que interferem diretamente no cotidiano da população palmitalense, bem como o esclarecimento acerca de assuntos polêmicos e a orientação sobre os direitos e deveres dos cidadãos.

Entre as ações de destaque, o JC acompanhou os principais desdobramentos da política em Palmital e nos municípios da Comarca. Em vertente não menos importante está é o acompanhamento da atividade agrícola, que forma a base da economia da região, cujo desempenho, historicamente, determina o nível de desenvolvimento dos municípios.

Alinha editorial inclui a divulgação de eventos e de trabalhos desenvolvidos por entidades e instituições públicas e privadas, como forma de incentivo ao altruísmo, à solidariedade e ao voluntariado.

O JC também promoveu entrevistas com personalidades e homenagens póstumas a pessoas que fizeram parte da história de Palmital e continua cobrindo e divulgando eventos esportivos e de serviços de interesse coletivo, além de contribuir para a difusão do conhecimento ao fazer a analogia entre as implicações de fatos registrados na imprensa nacional com o cotidiano das cidades que atende.

Outra atuação ocorre no âmbito da crônica policial, informando sobre os acontecimentos na área de segurança pública e na cobertura dos fatos mais graves, como forma de alertar a população e as autoridades para os riscos da criminalidade.

Devido à excelente qualidade editorial e gráfica, conquistou colaboradores de grande conhecimento, sabedoria e expressão que publicam colunas semanais e, com a abordagem dos mais variados temas, contribuem para a formação da opinião dos leitores.

O JC também mantém desde a sua fundação a produção de cadernos especiais para as comemorações de Natal, de emancipação política de Palmital e do Dia do Agricultor, com reportagens especiais e mensagens de congratulações de empresas, profissionais, políticos e pessoas da comunidade.

JORNAL FAZ HISTÓRIA PELA QUALIFICAÇÃO, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Com profissionalismo e independência, o JC nasceu e cresceu com seus próprios meios e suas próprias forças, venceu obstáculos, enfrentou adversidades e nunca passou despercebido pela opinião pública, graças a seu posicionamento claro e bem definido diante dos fatos que fazem a história de Palmital e dos municípios da região.

O jornal se orgulha de sua rica história, se apresenta comprometido com os melhores ideais e se mantém empenhado em manter a trajetória como veículo de comunicação capaz continuar atualizado e comprometido com a informação para a população de Palmital e região.

Desde o primeiro número, que tinha circulação semanal e foi publicado em 2 de setembro de 1994, o JC utiliza o processo de impressão em offset, método usado hoje em praticamente todos os trabalhos gráficos de qualidade. A composição do jornal foi iniciada por meio da técnica de “past-up”, que consistia na colagem de fotos, blocos de textos e outros elementos para a reprodução em fotolito.

Acompanhando o desenvolvimento tecnológico, passou em 1997 para a editoração eletrônica na própria redação do jornal com a utilização de softwares específicos para a paginação, produção de artes e tratamento de imagens. Assim, o JC atingiu 100% de seu conteúdo com produção em Palmital. A partir do mesmo ano, todas as capas de todas as edições passaram a ser coloridas.

E o processo de evolução passou pela logomarca, que sofreu mudanças ao longo dos anos, bem como nos padrões de editoração, a partir de reformulações promovidas pela equipe do JC para acompanhar as tendências das novas linguagens visuais.

Outra mudança importante ocorreu em 3 de junho de 2002, quando a publicação passou a ser bissemanal, com edições às quartas-feiras e sábados, modelo que é seguido até hoje, possibilitando agilizar a informação aos leitores.

O JC foi o primeiro a utilizar, em meados de 2001, a fotografia digital na imprensa local, com a utilização de equipamentos próprios para a reportagem e que agilizavam o processo de finalização das edições e possibilitaram que as notícias ganhassem mais dinamismo.

Muitos outros processos inovadores também foram aplicados à rotina de trabalho da empresa, incrementando o trabalho jornalístico prestado à população de Palmital e região.

Uma mudança importante na estrutura física da empresa ocorreu em 2011, quando houve a mudança para amplas e modernas instalações em prédio próprio na esquina das ruas Manoel Leão Rego e João Moreira da Silva, em frente ao antigo Fórum. No novo espaço, foi possível, a partir de 2012, a manutenção de gráfica própria para impressão do jornal, possibilitando a realização de todas as etapas do processo de produção do jornal em Palmital. O projeto foi possível por meio da aquisição de uma impressora offset, da marca alemã Heidelberg, com capacidade para imprimir trabalhos em formato standard, além de outros equipamentos para a pré-impressão.

A última mudança radical nos layout da logomarca do JC ocorreu em janeiro de 2009, com outras mudanças gráficas e a criação de colunas para incrementar e atualizar o visual.

Desde agosto de 2015, o jornal conquistou cerca de 20 mil seguidores em páginas no Facebook, onde são publicados capas, editoriais e colunas diversas, além de notícias de relevância em Palmital e nos municípios da região. Contudo o conteúdo mais detalhado permanece na versão impressa.

E as inovações não param, pois a empresa ampliou sua atuação para o ambiente digital com a criação de um site de notícias próprio, como forma de abranger maior número de leitores.

No final de 2018, a empresa lançou o JC Online, um site próprio para a publicação da cobertura jornalística local e regional, possibilitando também a ampliação do conteúdo já disponibilizado. O serviço tem excelente aceitação do público de Palmital e região com o registro de centenas de milhares de acessos por mês, além de ter sido selecionado por grandes agências de publicidade para veiculação de campanhas institucionais dos governos estadual e federal, de suas autarquias e outras empresas de economia mista.

Em 2020, o JC Oline ganhou ainda mais importância e viu o número de acessos multiplicar devido ao noticiário da pandemia do coronavírus. Atualmente, o serviço se aproxima dos 3 milhões de acessos.

A novidade deste ano é a criação do canal TVC, por meio do Youtube, que estreou com entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Palmital e tem a proposta de oferecer conteúdo multimídia diferenciado, com foco nos eventos e acontecimentos locais.

Compartilhe

Este post tem um comentário

  1. Marlene Pissolito Campos

    Parabéns, Cláudio, pelo espírito de liderança frente aos trabalhos desenvolvidos pelo JC e a todos que contribuem para o sucesso desse importante meio de comunicação em nossa cidade e região. Muito sucesso sempre!

Deixe uma resposta