Jornalista de Santa Cruz do Rio Pardo morre aos 37 anos por complicações da Covid-19
Compartilhe

Faleceu aos 37 anos na noite de terça-feira (13/07), na Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo, o jornalista André Rúbio. Ele estava internado desde o dia 17 de junho e passou as últimas semanas entubado devido a complicações da Covid-19.

André era muito conhecido em Santa Cruz e região e tinha uma rádio web e um site de notícias, o “Achei Santa Cruz”. Ele apresentava com a esposa, Priscila Tosta, o programa diário “F5” em sua página.

Na terça-feira (13/07) o seu quadro de saúde se complicou e os médicos chegaram a anunciar sua transferência para a Santa Casa de Ourinhos. André, no entanto, não resistiu e morreu antes mesmo da transferência acontecer.

As informações são do site do Jornal Debate de Santa Cruz do Rio Pardo, do jornalista André Fleury Moraes, que postou um histórico do jornalista:

“Fundador do site “Achei Santa Cruz”, André Rúbio começou no ramo jornalístico no início da década de 2010, quando criou um blog em que comentava assuntos relacionados ao esporte e à política municipal.

Antes, porém, já havia entrado em cena na vida pública. Ele era integrante do grupo “Impressão”, de pagode, e não raro animava noites na finada cervejaria Barrica.

Em 2005, por exemplo, o grupo gravou o primeiro CD autoral. Todas as 12 músicas do disco foram escritas por André.

Em 2016, já em outro ramo, assessorou o ex-prefeito Adilson Mira (PSDB) durante a campanha eleitoral. Antes, também trabalhou no extinto jornal “SCN Notícias”, do grupo Santa Cruz News.

Foi no começo de 2020 que surgiu a ideia de iniciar um programa ao vivo diariamente, algo até então inédito em Santa Cruz do Rio Pardo. Ele dividia a bancada com sua esposa Priscila Tosta”.

Fonte: Jornal Debate

Compartilhe

Deixe uma resposta