Jovem de 21 anos vai parar na UTI e morre após extrair os sisos

Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho. (Foto: Divulgação)

O programador Pedro Lucas Santos se emocionou ao falar sobre sua esposa, Eline Ester, de 21 anos, que morreu no final de semana após extrair os dentes sisos em Jataí, no sudoeste goiano. Ao g1, Pedro contou que aguarda a investigação da Polícia Civil para descobrir o que causou a morte da jovem.

“Ainda estou sem acreditar. Ela arrancou 3 sisos, ficou em repouso, tomou no medicamento e nos dias próximos de tirar os pontos, começou a mostrar sintomas parecidos com a chikungunya, mas o médico falou que ela teve um choque séptico devido aos sisos”, lamentou Pedro Lucas.

Pedro Lucas Santos se emocionou ao falar sobre sua esposa, Eline Ester, de 21 anos, que morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Pedro Lucas Santos se emocionou ao falar sobre sua esposa, Eline Ester, de 21 anos, que morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Em nota, o Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho (HEJ) explicou que a paciente deu entrada na unidade com quadro infeccioso de foco indeterminado. Dois dias depois, o estado de saúde evoluiu com quadro de septicemia, Eline foi encaminhada para tratamento especializado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu no dia seguinte.

O delegado Marcos Guerini informou que o inquérito policial foi instaurado, mas a polícia não divulgará informações enquanto o laudo pericial de corpo de delito não for finalizado. Após a finalização do documento que confirma a causa da morte, serão determinados os novos passos da investigação. O nome do profissional responsável pela cirurgia não foi divulgado.

Entenda o caso

Eline Ester, de 21 anos, morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Eline Ester, de 21 anos, morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Ao g1, Pedro Lucas detalhou o caso da esposa; veja abaixo as informações:

  • 29 de fevereiro: Eline arrancou três dentes sisos;
  • Entre 29 de fevereiro e 5 de março: Eline começou a inchar o corpo e ficou fraca, como explicou Pedro Lucas;
  • 5 de março: Segundo Pedro, a esposa foi levada ao HEJ e os médicos disseram que ela poderia estar com chikungunya, eles teriam receitado dipirona e a mandado para casa;
  • 6 de março: Eline piorou e precisou ser levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Na unidade, ela tomou soro, segundo o marido;
  • 7 de março: Esta data era a previsão para remover os pontos da cirurgia dos sisos, mas Eline não conseguia comer, nem tomar água, sendo encaminhada ao HEJ novamente. A equipe do hospital começou uma antibioticoterapia e solicitou exames complementares para identificação da causa do quadro infeccioso;
  • 9 de março: Paciente estava na enfermaria quando evoluiu com quadro de septicemia e foi encaminhada para tratamento especializado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI);
  • 10 de março: Conforme divulgado pelo HEJ, mesmo com o tratamento de amplo espectro e suporte de terapia intensiva, a paciente teve falência múltipla de órgãos, parada cardiorrespiratória e morreu.

O corpo foi encaminhado ao Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) para identificação da causa da morte.

O que diz o hospital?

Eline Ester, de 21 anos, morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Eline Ester, de 21 anos, morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Em nota, o Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho detalhou que, ao ser constatado o quadro infeccioso no dia 7, foi iniciada a antibioticoterapia e solicitados exames complementares para identificação da causa.

No dia 9, ela estava na enfermaria quando evoluiu com quadro de septicemia e foi encaminhada para tratamento especializado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Mesmo com o tratamento de amplo espectro e suporte de terapia intensiva, a paciente cursou com falência múltipla de órgãos, parada cardiorrespiratória e veio a óbito no dia 10”, completou a nota da unidade.

O hospital lamentou o falecimento da paciente, se solidarizou com a dor da família e colocou-se à disposição para qualquer esclarecimento.

Cirurgia para retirar sisos

Eline Ester, de 21 anos, morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Eline Ester, de 21 anos, morreu após extrair os dentes sisos em Jataí — Foto: Arquivo Pessoal/Pedro Lucas

Em nota, a Prefeitura de Jataí, por meio da Coordenação de Saúde Bucal, explicou que Eline foi atendida do Centro de Especialidades Odontológicas em 29 de fevereiro deste ano, e extraiu os três dentes sisos com um especialista em bucomaxilofacial.

Segundo a prefeitura, foi feita toda anamnese “não sendo relatado pela paciente nenhuma doença preexiste”, e o procedimento foi realizado com o profissional, com tudo dentro da normalidade.

“Cabe ressaltar que após o procedimento cirúrgico a pacientada foi medicada, orientada e liberada. A partir desse momento ela não procurou mais o serviço reclamando de algum problema ocasionado pela cirurgia de extração”, finalizou a nota.

Fonte: g1

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 7 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.