Justiça condena ex-prefeito a quatro anos e meio de prisão por improbidade administrativa

Ex-prefeito de Anhumas (SP), Genildo Ramineli — Foto: Redes sociais

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) condenou o ex-prefeito de Anhumas (SP), Genildo Ramineli, e uma servidora municipal, por improbidade administrativa envolvendo um caso em que o município realizou um pregão para contratar uma empresa responsável pelo fornecimento de ambulância.

O Poder Judiciário constatou que apenas uma parcela foi registrada contabilmente, entre os anos de 2016 e 2017. Os réus foram sentenciados à perda da função pública, do valor de R$ 71 mil e outras penas.

A sentença, assinada pela juíza Cibele Carrasco Rainho Novo, determina que Genildo deverá cumprir quatro anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto. A servidora, por sua vez, cumprirá prestação de serviço comunitário.

Outro lado

De acordo com o advogado Thiago Rocha Silva, que atua na defesa dos acusados, os clientes ainda não foram intimados, mas, assim que isso ocorrer, a defesa entrará com recurso.

Fonte: g1

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 5 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.