Ladrão é preso durante furto na estação transmissora da rádio Regional
Compartilhe

Um desempregado de 28 anos foi preso na manhã de sábado (02/11) quando furtava a estação transmissora da Rádio Regional, que funciona em um imóvel às margens da rodovia Nelson Leopoldino, nas proximidades do Portal de Entrada de Palmital. O local foi atacado três vezes na semana passada (quarta, quinta e sexta-feira), quando houve a subtração de equipamentos. No início de outubro, as instalações também haviam sido furtadas, incluindo com a retirada de fiação de energia que impediu a transmissão da programação por uma manhã.

 

O gerente da emissora informou que, após os quatro furtos ocorridos na estação transmissora até à semana passada, estava fazendo visitas periódicas ao local. Na manhã de sábado, ele surpreendeu o ladrão dentro do prédio. Quando o criminoso percebeu que havia sido flagrado, saiu correndo pelo pasto em volta das instalações. A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas na área, não localizando o suspeito, e constatou que equipamentos estavam separados para serem levados.

 

Posteriormente, o gerente entrou acionou novamente os policiais e informou que o ladrão havia voltado para concluir o furto. Com o retorno da PM, o homem saiu correndo pelo pasto e caiu algumas vezes, além de ter tentado passar por uma cerca viva de espinhos. O acusado foi acompanhado e capturado quando já estava em uma plantação próxima. Os policiais militares informaram que o acusado é conhecido pela prática de furtos na cidade. No final do ano passado ele foi preso depois de invadir uma creche na região central da cidade e quebrar paredes para furtar canos de cobre.

 

O ladrão subiu no telhado da estação para quebrar a sirene da central de alarme e desconectar as câmeras do circuito de filmagem, equipamentos que haviam sido instalados na quinta-feira passada. Em seguida, teria quebrado dois cadeados da porta para subtrair um transformador de modulação, um reator de áudio e um transformador de alta tensão, todos de uma transmissora de rádio da marca Bandeirante. Depois de ser preso, o homem disse que pretendia vender os objetos para comprar drogas.

 

O ladrão foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil, onde confessou o crime ao delegado Gustavo Siqueira e foi autuado em flagrante por furto qualificado. Como a prática é inafiançável, foi mantido sob custódia e levado para a Cadeia Pública de Lutécia. No domingo, o homem passou por audiência no plantão do Fórum de Assis e teve a prisão preventiva decretada pelo Judiciário, ficando preso durante a instrução do processo.

Compartilhe

Deixe uma resposta