Compartilhe

Palmital registrou no mês de janeiro uma elevada transmissão do coronavírus, resultando no número recorde de infectados desde o início da pandemia. Com o reforço no trabalho preventivo e na ampliação da vacinação, as estatísticas desaceleraram em fevereiro com a queda pela metade na média diária de novos casos confirmados da doença.

Conforme informações da Secretaria de Saúde, 2021 começou com uma aceleração no número pacientes infectados. A terceira semana do ano teve a maior transmissão e totalizou 473 novos casos, atingindo o recorde de 218 pacientes confirmados apenas em 17 de janeiro. A média apurada foi de 94,6 pessoas com resultado positivo a cada dia.

Nos períodos seguintes, com a intensificação das ações preventivas, os números da pandemia desaceleraram, com a progressiva diminuição nos índices de pacientes confirmados a cada dia. Na semana passada, conforme dados da Prefeitura, foram registrados 278 novos casos da Covid. A média diária foi de 55,6 pacientes com resultado positivo.

Conforme dados dos boletins da Secretaria de Saúde, foram confirmados 251 casos na semana passada, com uma média de 50,2 novos registros a cada dia. Os dados de ontem seriam divulgados após o fechamento desta edição. O resultado mostra redução de 46,9% em relação ao período com maior volume de transmissão da doença em janeiro.

CASOS – O Boletim Epidemiológico divulgado na sexta-feira (11/02) pela Prefeitura trouxe 43 novos casos confirmados da Covid em Palmital. O levantamento apontou que 162 pessoas estavam em isolamento domiciliar para recuperação, podendo transmitir a doença. Havia ainda 207 pacientes em situação suspeita que aguardavam resultados dos exames para confirmar ou descartar a infeção pela Covid.

O município atingiu os 5.175 pacientes contaminados desde o início da pandemia. O levantamento apontou que havia quatro pacientes internados em enfermaria devido à doença. No total, são 78 mortes causadas pela doença em Palmital. Contudo, a Secretaria de saúde investiga outros dois óbitos de idosos ocorridos recentemente, que podem elevar o número de vítimas fatais no município.

Compartilhe

Deixe um comentário