Morre o menino de 5 anos que perdeu movimentos após acidente em rodovia de Palmital
Compartilhe

Davi Oliveira Barbosa, de 5 anos, morreu na noite de sexta-feira (17/07) na Santa Casa de Misericórdia de Palmital.

O menino estava tetraplégico devido a acidente ocorrido em abril do ano passado na rodovia Nelson Leopoldino.

Segundo a Secretaria de Saúde da Prefeitura, ele foi socorrido no Pronto-Socorro por volta das 14 horas e foi a óbito depois de receber atendimento médico, mas as causas não foram informadas.

O corpo foi velado na Funerária Santa Terezinha e o sepultamento ocorreu na manhã deste sábado (18/07) no Cemitério Municipal de Palmital.

 

Devido ao acidente com o carro em que estava, em 18 de abril de 2019, Davi sofreu uma séria lesão na coluna e ficou em estado grave na UTI do Hospital Regional de Assis, sem movimentos de braços e pernas.

Em maio do ano passado, o menino foi levado para o Hospital das Clínicas em São Paulo para receber atendimento especializado. A operação de transporte aeromédico envolveu o Corpo de Bombeiros e o helicóptero Águia disponibilizado pelo Grupamento de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar.

O trabalho foi coordenado pela capitã Fabiana Maria Ajjar, médica responsável pela Divisão de Medicina de Aviação, que veio a Assis buscar o paciente internado na UTI pediátrica do Hospital Regional.

Após período de internação em São Paulo, Davi retornou para casa em Palmital, onde permaneceu sob os cuidados da família.

 

ACIDENTE

O acidente que causou a lesão no menino ocorreu na noite de 18 de abril, no quilômetro 16 da rodovia Nelson Leopoldino, nas proximidades do Clube Banespinha.

Davi, juntamente com dois irmãos, estava no carro que era dirigido pelo pai, um ajudante geral de 37 anos. O veículo foi atingido na traseira por outro carro, que capotou e causou a morte do vendedor Arnaldo Ronqui, de 53 anos, residente em São Paulo.

Compartilhe