Mulher chama táxi e, ao chegar ao destino, faz menção de estar armada e rouba motorista
Compartilhe

Um roubo a taxista foi registrado na noite de domingo (14/07), em Presidente Prudente. A vítima, de 70 anos, teve R$ 150 subtraídos por uma mulher, que fez menção de estar armada quando anunciou o assalto. Caso foi registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil.

 

Conforme a versão do idoso, ele recebeu um chamado para transportar a então passageira por meio de rádio táxi. Ao chegar ao destino, o taxista disse que a mulher fez menção de estar armada e anunciou o assalto, exigindo que a vítima lhe entregasse a quantia que estava em sua carteira.

 

Com medo da “grave ameaça”, o taxista entregou o dinheiro à mulher e desembarcou rapidamente do carro com seu celular, momento em que acionou a Polícia Militar.

 

Aos policiais, a vítima ainda contou que por meio da empresa foi possível localizar o número de telefone usado pela ladra para a chamada, que acabou por chegar ao endereço em que a mulher estava quando entrou no táxi.

 

No endereço, a PM encontrou apenas um homem, que alegou ser marido da suspeita. Ele declarou que a mulher havia telefonado para o rádio táxi levá-la até a casa de uma prima, mas que não sabia do roubo.

 

 

A vítima também contou que parou em uma rua, mas a mulher pediu para seguir até outra via, onde pegaria o dinheiro para pagar a corrida, contudo, neste momento anunciou o assalto. Neste endereço reside a prima da suspeita.

 

Conforme o boletim de ocorrência, em pesquisas, foi localizado um registro do dia anterior de flagrante de roubo envolvendo a mesma mulher, também contra um taxista.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta