Mulher dá à luz e mata bebê em banheiro de hospital em Maracaí
Compartilhe

região JC

 

Uma jovem de 18 anos foi ao Pronto-Socorro sentindo dores e, antes mesmo de ser atendida, foi ao banheiro, onde deu à luz. Em seguida, teria matado a criança. O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21/03) no Hospital Beneficente de Maracaí. O crime de infanticídio foi registrado pela Polícia Civil e chocou os moradores da cidade.

De acordo com informações preliminares, após o crime, a jovem deixou o bebê no banheiro da unidade de saúde e foi embora. A criança foi encontrada por funcionários que acionaram a Polícia Militar, que saiu em perseguição à acusada. Pouco depois, ela foi encontrada pelos policiais e confessou o crime.

Conforme registros de ocorrência, ela relatou que estava gravida de sete meses e sua família não sabia da gestação. A acusada e o corpo do bebê foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Assis. Em seguida, ela foi presa em flagrante.

ESCLARECIMENTO DO HOSPITAL

O Hospital de Maracaí esclarece que G. E. S., de 18 anos, habitante do distrito de São José das Laranjeiras, em Maracaí, às 18h36 deu entrada para passar por consulta, com queixa de cólicas menstruais.

Ela não informou que estava grávida e não parecia estar, de acordo com os funcionários que a atenderam. Antes da consulta ela foi ao banheiro. Durante a consulta ela foi medicada conforme a queixa que apresentou, e foi liberada. Posteriormente um funcionário encontrou o corpo do bebê no banheiro, com sinais de enforcamento.

A morte foi constatada e a polícia foi informada. A suspeita foi presa, e levada a Assis para passar por exame de corpo de delito, para confirmar se teve parto recente, na Santa Casa de Assis. O Hospital de Maracaí lamenta profundamente o ocorrido.

Compartilhe

Deixe uma resposta