Mulheres morrem após uma esfaquear a outra
Compartilhe

Duas mulheres foram assassinadas a facadas na noite deste sábado (19), na Vila Cavaru, em Osvaldo Cruz. De acordo com informações da Polícia Civil, as vítimas se lesionaram reciprocamente.

As vítimas, de 25 e 29 anos, começaram a brigar em uma rua do bairro, o que gerou uma aglomeração de pessoas no local.

Em seguida, as mulheres entraram na residência de uma delas e, dentro do imóvel, se agrediram com golpes de faca.

Cada uma delas possuía aproximadamente sete lesões no corpo em decorrência das facadas.

Uma foi socorrida por uma unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa de Osvaldo Cruz, enquanto a outra foi levada para o mesmo hospital por populares.

As duas não resistiram aos ferimentos e tiveram as mortes constatadas na unidade de saúde.

A Polícia Militar trabalhou no atendimento da ocorrência. Segundo a PM, a faca tinha uma lâmina de 15 centímetros. O local foi periciado.

A Polícia Civil informou que há suspeitas de que esse duplo homicídio tenha relação com um caso de assassinato ocorrido no dia 12 de outubro, no mesmo bairro. Os casos são investigados pela Polícia Civil.

 

Tiroteio

Duas pessoas foram baleadas e uma delas morreu na tarde do dia 12 de outubro, na Vila Cavaru, em Osvaldo Cruz.

O caso ocorreu por volta das 16h30, na Rua Benedito Cassirarghi, próximo ao Cemitério Municipal.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima que morreu foi um homem de 44 anos, enquanto a outra pessoa que, mesmo baleada, sobreviveu é a mulher dele, de 37 anos. Um dos tiros teria atingido a cabeça dela. Um rapaz de 20 anos, filho do casal, também foi agredido.

As vítimas foram encaminhadas à Santa Casa de Misericórdia de Osvaldo Cruz para receber atendimento médico. Segundo o hospital, o jovem tinha apenas escoriações.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o autor dos disparos estava discutindo com o filho do casal e, quando o pai e a mãe foram ver o que estava acontecendo, acabaram alvejados pelos tiros.

Ainda segundo a PM, cada uma das vítimas foi atingida por dois tiros.

Populares ajudaram a socorrer o casal, mas o homem já chegou sem vida ao hospital. A mulher, segundo a PM, estava fora de perigo.

O caso é investigado pela Polícia Civil e o suspeito continua foragido.

 

 

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta