Ourinhos tem madrugada com perseguição da PM a veículo e tiroteio – Confira vídeo
Compartilhe

Uma perseguição alucinante com direito a disparos de arma de fogo, feitos pela Polícia Militar, tirou o sono de muitos moradores de Ourinhos, na madrugada desta quarta-feira (02/09).

De acordo com que relatou ao Passando a Régua, a delegada de plantão na CPJ (Central de Polícia Judiciária de Ourinhos), Renata Barrionuevo Ruiz de Oliveira, a perseguição se iniciou por volta das 2h nas proximidades do Cemitério Municipal de Ourinhos, na Vila Marcante, quando policiais militares em patrulhamento deram sinal de parada, luminoso e sonoro, para um veículo Fiat/Uno, com placas de Ourinhos, com três ocupantes, que não obedeceram e empreenderam fuga. A perseguição teria durado mais de 20 minutos e ganhou praticamente toda a cidade, com a participação de várias viaturas policiais, que realizaram diversos cercos.

Ainda segundo a delegada, os policiais militares, acreditando que os ocupantes do veículo estariam armados, atiraram em direção ao carro em duas oportunidades, porém, em nenhuma das tentativas o veículo teria sido atingido e ninguém ficou ferido.

Um vídeo feito por um morador mostra o momento em que, na Rua Cambará, na Vila São José, um disparo é feito. Carro estava com uma avaria na região farol, mas não dá para saber se foi resultado de um dos disparos feitos pelos policiais nesta madrugada.

 A perseguição só chegou ao fim quando, já na rodovia, o Fiat/Uno sofreu uma pane e todos os ocupantes foram detidos e encaminhados à CPJ. No carro os policiais encontraram 47 pinos contendo uma substância branca, aparentando ser cocaína. Foi realizado o exame pericial no material, porém foi descartado ser substância entorpecente. A Polícia Civil de Ourinhos vai encaminhar o material ao IC (Instituto de Criminalística de Marília) para realização de contraprova.

Os jovens, que seriam moradores da Cohab em Ourinhos, negaram que os pinos são de propriedade deles e alegam que alguém teria colocado os supostos entorpecentes no carro para tentar incriminá-los. Com um dos indivíduos foi localizada uma porção de maconha, a qual o jovem alegou ser para o seu consumo próprio.

Com relação ao motivo da fuga, o condutor disse que fugiu porque não possui habilitação para conduzir o veículo, que era alugado de uma concessionária de Ourinhos.

Por fim, o carro foi apreendido e devolvido para a Concessionária locadora e os três jovens liberados, pois não existe materialidade que comprove a prática ilícita para realização de prisão em flagrante, sobretudo pelo fato de os pinos apreendidos não terem testado positivo para cocaína no exame pericial.

Fonte: Passando a Régua

Compartilhe

Deixe uma resposta