Pai dá bronca em filho baleado pela PM após praticar assalto: “Não precisa roubar”; Confira vídeo
Compartilhe

Imagens obtidas pelo G1 na segunda-feira (07/06) mostram o pai de um rapaz preso em flagrante por assaltar veículos em uma avenida de Guarujá, no litoral de São Paulo, revoltado com a atitude do filho e dando bronca nele. No momento em que era repreendido pelo pai, o jovem recebia atendimento médico por ter sido baleado pela Polícia Militar.

A Polícia Civil confirmou que o homem que aparece nas imagens é o pai do rapaz baleado e detido. No vídeo, que repercutiu nas redes sociais, o pai é contido por um Policial Militar, para que não avance sobre o rapaz que está recebendo os primeiros socorros após ter sido baleado.

Revoltado, ele diz que sustenta o rapaz, junto com a mãe, para que ele não precise roubar. O homem chega a dizer, ainda, que caso perceba que o suspeito volte a andar com pessoas erradas, ele entregará o filho para a polícia imediatamente (veja vídeo acima).

“A sua mãe te dá rio de dinheiro […] para você não roubar ninguém. Você ainda vai roubar os outros? Deus me perdoe ainda falar assim. Você não precisa roubar ninguém. A gente dá de tudo pra esse cara”, diz o pai revoltado com o filho.

O flagrante do crime aconteceu no último sábado (05/06). Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), um motorista foi surpreendido por dois homens que estavam armados na Avenida Lídio Martins Corrêa.

No entanto, policiais estavam em uma viatura próximo ao local e viram a situação, correndo para abordá-los e impedir o crime. Um dos criminosos conseguiu fugir, mas o outro foi detido ao tentar atirar contra os policiais.

Os agentes revidaram e o acertaram com disparos de arma de fogo na perna esquerda e no ombro direito. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo o Hospital Santo Amaro, para onde ele foi encaminhado, o rapaz segue internado em estado estável.

Segundo a polícia, foi apreendido um simulacro de arma de fogo usado no crime e recuperado o celular de uma das vítimas avaliado em R$ 3 mil. Foi solicitado exame residuográfico nas mãos dos policiais que atenderam a ocorrência. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia do Guarujá como tentativa de roubo.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta