Palmital e Ibirarema têm manifestações em apoio ao governo Bolsonaro no Dia da Independência – Confira vídeo
Compartilhe

O Dia da Independência do Brasil em Palmital e Ibirarema foi marcado por manifestações em defesa do governo do presidente Jair Bolsonaro. A mobilização durante na terça-feira, 7 de setembro, acompanhou os atos realizados em todo o país com pautas conservadoras em resposta às recentes decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional, bem como a defesa dos valores da família e da religião.

Os protestos reuniram diversos segmentos da sociedade, incluindo agricultores, comerciantes, transportadores de cargas e representantes grupos organizados, como os motoclubes. A manifestação coordenada por um movimento denominado “Direita Palmital” teve concentração no período da tarde na praça da Matriz de São Sebastião. Em seguida, os participantes saíram em cavalgada e carreata pela cidade, com encerramento no pátio da Fepasa.

O ex-vereador Claudir Fadel, um dos organizadores do ato, disse que houve participação de grande número de pessoas. Segundo ele, o protesto é uma resposta de “pessoas preocupadas com os destinos do país, principalmente com o STF tomando atitudes monocraticamente fora de alçada e causando até transtorno diplomático com a prisão de um americano”.

Em Ibirarema, onde não houve programação oficial da Prefeitura para evitar situação de risco de transmissão da Covid, os participantes se concentraram na rotatória da entrada principal da cidade, nas proximidades da praça do Cristo. Houve a execução do Hino Nacional no local, onde há uma grande bandeira do Brasil hasteada.

Na sequência, motocicletas, caminhonetes, carros, caminhões e máquinas agrícolas realizaram um desfile pelas ruas da cidade. Os participantes da manifestação foram até às margens da Raposo Tavares, onde permaneceram por várias horas saudando com bandeiras os motoristas e passageiros que passavam pela rodovia.

PALMITALENSE VÃO À AVENIDA PAULISTA

Palmitalenses também participaram da grande manifestação realizada na Avenida Paulista, em São Paulo, onde houve discursos do presidente Jair Bolsonaro. O grupo foi comandado pelo vereador Carlos Eduardo da Silva, o Galo, e contou também com a participação do ex-prefeito José Roberto Ronqui, além de outros apoiadores do atual governo federal.

Compartilhe

Deixe uma resposta