Palmitalense se destaca no fisiculturismo

Published: Last Updated on

Nathalia Carmo foi a segunda colocada no concurso realizado em Marília; jovem se prepara para disputar o campeonato paulista na categoria Sport Model

 

Esporte jc

Nathalia vem se destacando no fisiculturismo

 

A palmitalense Nathalia do Carmo está se destacando no fisiculturismo, esporte em que o praticante tem de malhar muito para alcançar excelente desenvolvimento da massa muscular e ser avaliado em quesitos como volume, simetria, proporção e definição.

Com aproximadamente dois anos de dedicação à modalidade, ela foi a segunda colocada na categoria Sport Model na 2ª edição do Mr. Marília Bodybuilder, evento realizado no Teatro Municipal de Marília no dia 16 de março, e que atraiu mais de 250 atletas, muitos com participação em competições internacionais.

Nathalia, que tem 22 anos e é professora de educação infantil. Filha da comerciante Fabiana da Silva e do autônomo Valério do Carmo, seu avô materno é o ex-vereador João Galo, já falecido. Na competição em Ourinhos, ela participou pela primeira vez da categoria Sport Model, que é regulamentada por entidades internacionais. Na disputa, as participantes usam roupas esporte e têm de fazer poses previamente definidas para apresentação do volume e definição muscular.

Esporte jcA jovem, que começou no fisiculturismo em 2017, disse que se adaptou bem à divisão Sport Model. “Comecei a praticar muito, mas meu corpo não ficou padrão de nenhuma categoria com maior definição muscular. Então, comecei a disputar campeonatos de Miss Fitness. Eu venci em Ourinhos e Taquarituba, onde ainda sou detentora do título”, explicou. “Sempre tive boa genética e, com os treinamentos, consegui massa muscular. Meu objetivo é aumentar volume e continuar nesta categoria”, completou.

Após o resultado de Marília, Nathalia já está focada em um novo desafio, que é a disputa do Campeonato Paulista. A atleta disse que já está recebendo auxílio de um profissional de Curitiba (PR) para orientar seus treinamentos e, quem sabe, garantir uma boa colocação que a classifique para a disputa do brasileiro da modalidade. “Quero representar bem Palmital e, assim, obter classificação para competições nacionais e até internacionais”, disse. “Porém, os custos do esporte são altos, incluindo treinamento, preparação e inscrição. Para que eu possa participar, sempre faço rifas para obter os recursos necessários”, completou.

 

VIRADA – Apesar da boa forma atual e do empenho em buscar recursos para a participação em competições, Nathalia disse que um episódio depressivo a fez ingressar no mundo do esporte de rendimento. “Desde criança eu tinha ligação com o esporte, mas na adolescência deixei de praticar e passei a sofrer com depressão. Por recomendação do meu psicólogo, comecei a fazer academia”, revelou a atleta. “E, assim, surgiu meu amor pelo fisiculturismo”, completou Nathália, que conseguiu uma virada importante em sua vida pessoal e profissional.

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 7 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.