Compartilhe

O paranaense Sebastião Batista dos Santos, morador de Coronel Vivida, no sudoeste do Paraná, completou 120 anos na terça-feira (15/03).

O novo ciclo rendeu a ele uma homenagem vinda diretamente do Vaticano – uma bênção apostólica do Papa Francisco, que foi entregue ao idoso no domingo (13/03) em celebração religiosa.

Em 2019, o centenário teve um AVC que prejudicou a locomoção e a fala. Mas, com a ajuda do filho de 70 anos, Sebastião sentou na cadeira do prefeito da cidade e recebeu diversas homenagens na terça-feira (15/03).

DATA DE NASCIMENTO

De acordo com o registro, ele nasceu no dia 15 de março de 1902, em Mangueirinha, também na região sudoeste do estado. Em outubro de 2019, o idoso recebeu do Instituto de Identificação do Paraná a confirmação da idade dele, isso porque ele não tinha mais a certidão de nascimento.

Através do Setor de Microfilmagem da instituição foi possível resgatar a certidão de nascimento dele, dos anos 70, quando Sebastião procurou o setor para fazer a carteira de identidade. Durante a adolescência, ele se mudou para Coronel Vivida, onde mais tarde se casou e teve nove filhos. Atualmente, ele mora ele mora com uma filha e uma neta que cuidam dele.

HOMEM MAIS VELHO DO MUNDO?

Em 2019, após entregar a nova identidade a Sebastião, o Instituto de Identificação do Paraná informou que entrou em contato com o livro mundial dos recordes para analisar o caso e saber se ele era o homem mais velho do mundo.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe um comentário