Pária Ambiental ou Potência Ecológica? – José Renato Nalini

Renato Nalini

            O Brasil tem condições de deixar de ser o “Pária Ambiental” dos últimos anos para se converter em promissora “Potência Ecológica”. Não é palpite ou achismo. É a opinião de Klaus Schwab, o famoso criador do Fórum Econômico Mundial, cuja atuação é notável no delinear as diretrizes para a economia de hoje e do amanhã.

            Essa reunião mundial reúne a nata do capitalismo a cada ano, em Davos, na Suíça. Ele acredita que o país possa ganhar mais influência em temas como transição energética, pois conta com cérebros mundialmente respeitados, como José Goldemberg e também porque vai sediar eventos como a reunião do G20, grupo dos países mais ricos do planeta.

            A economia brasileira precisa elevar o nível de investimento e isso requer a participação do setor privado. Há trilhões de euros e dólares à espera de que o Brasil dê o sinal verde para o comércio oficial de créditos de carbono. É que o mundo está na economia verde e o Brasil teria muito a oferecer, se o governo se preocupasse mais com coisas sérias e não com a repartição do butim entre apaniguados.

            Para Klaus Schwab, o Brasil tem o potencial para se tornar uma ecopower – potência ecológica. Enormes oportunidades para energia eólica e energia solar. Sem falar na Amazônia e no potencial de absorção do carbono, mas que também é importante como fonte de biodiversidade. O mundo sabe disso.

            Tanto ao presidir o G20 em 2024 e a COP – Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente em 2025, o Brasil tem condições de influenciar a agenda de forma importante. Mas é urgente encarar os desafios. O maior deles, continua a ser a Regularização Fundiária, pressuposto para poder responsabilizar e punir, com severidade, os desmatadores, os grileiros, os genocidas dos indígenas e dos defensores da floresta. Em seguida, regularizar o mercado oficial do crédito de carbono. É inacreditável que esse mercado florescente no restante do mundo seja ainda pífio aqui no Brasil, o maior fornecedor potencial de créditos, por inércia governamental.

            Está nas mãos do Brasil escolher sua posição: Pária Ambiental, rechaçado por toda a civilização, ou Potência Verde, bajulado pelos países que necessitam de nossas florestas para sobreviver. Qual a sua escolha?

*José Renato Nalini é Reitor da UNIREGISTRAL, docente da Pós-graduação da UNINOVE e Secretário-Geral da ACADEMIA PAULISTA DE LETRAS.  

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 5 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Renato Nalini
Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.