Paróquia Santo Antônio volta a celebrar missas com a presença de fiéis em Palmital
Compartilhe

A Paróquia de Santo Antônio retorna nesta terça-feira (02/06) a realizar missas com a presença de fiéis em Palmital. A medida, anunciada pelo pároco Luiz Fernando Dias, determinou que as celebrações ocorram com público reduzido para evitar aglomeração e com restrições de presença de pessoas de grupos de risco, além de medidas sanitárias para evitar a propagação do coronavírus.

 

A retomada das celebrações ocorre cerca de dois meses e meio depois que a Diocese de Assis determinou a suspensão das atividades com público nas paróquias da região. A volta das missas está garantida pelo decreto municipal em vigor desde a semana passada, que permitiu a reabertura dos templos religiosos, e das determinações do bispo dom Argemiro de Azevedo, com base nas “Orientações litúrgico-pastorais para retorno às atividades presenciais” elaboradas pela CNBB.

 

A primeira missa está prevista para ser celebrada na noite desta terça-feira, a partir das 19h30, na Matriz do bairro Paraná, como parte da Trezena do Padroeiro. A paróquia informou que será seguido o roteiro normal das celebrações semanais, com celebração nas noites de quinta-feira e sábado na capela de Nossa Senhora de Fátima, às 19 horas, e aos domingos com dois horários (10 e 18 horas) na igreja de Santo Antônio. Todas continuarão a ser transmitidas pela internet.

 

Segundo o padre Luiz Fernando, a paróquia vai avaliar os resultados das atividades presenciais e poderá até realizar missas diárias no Tríduo de Santo Antônio na próxima semana. Ele informou que, seguindo as regras da regulamentação municipal, o público estará restrito a 30% nas celebrações. Com isto, a igreja de Santo Antônio poderá receber no máximo 90 pessoas e, a Nossa Senhora de Fátima, aproximadamente 120 fiéis.

 

“Varias paroquias da região já retomaram as missas e povo estava pedindo por isso. Serão atividades bem restritas, com um novo modo de celebrar a Eucaristia”, afirmou o pároco. De acordo com Luiz Fernando, todos os cuidados com higienização das mãos e distanciamento deverão ser seguidos durante as celebrações. O religioso disse que a máscara é obrigatória e só poderá ser retirara na frente do padre para tomar a hóstia. “Pedimos a gentileza aos idosos acima de 60 anos e as crianças para que fiquem em casa”, destacou.

Compartilhe

Deixe uma resposta