Pescadores são multados em R$ 4,6 mil devido a métodos não permitidos
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama
Compartilhe

Trio foi flagrado no Rio Paraná pela Polícia Ambiental, nesta sexta-feira (25). Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer.

Três pescadores receberam multas que totalizaram mais de R$ 4,6 mil por pesca irregular, em Panorama. O trio foi flagrado pela Polícia Militar Ambiental por volta da 0h30 desta sexta-feira (25).

Em fiscalização às margens do Rio Paraná, equipes da Polícia Ambiental avistaram uma embarcação, com três tripulantes, atracando na margem do rio.

Os policiais se aproximaram e abordaram os tripulantes, momento em que constataram a prática de pesca subaquática. Na embarcação havia arpões e peixes. Além disso, os envolvidos estavam vestidos com roupas de mergulho.

O pescado pesou 42 quilos. Foram localizados e apreendidos oito peixes da espécie pintado, oito da espécie tucunaré, um da espécie piau e um da espécie traíra.

Todos os peixes estavam com sinais visíveis de perfuração de arpão e os pescadores assumiram a propriedade dos materiais e do pescado, confirmando a prática da pesca subaquática.

Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama — Foto: Polícia Ambiental
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama

Ao realizar as medições, as equipes ainda constataram que, dos peixes da espécie pintado, de um total de oito, sete estavam com tamanhos inferiores aos permitidos.

Também foi apreendido um barco, um motor de popa, dois arbaletes com arpão, duas roupas de mergulho, duas máscaras de mergulho, dois snorkel, dois lastros, duas lanternas e dois pares de nadadeiras, que ficaram depositados na Base Operacional de Panorama, à disposição da Justiça.

O pescado, após laudo veterinário, foi destinado para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama (Napac).

Os pescadores, de 30, 44 e 59 anos, foram autuados em R$ 1.540 cada por pescar mediante a utilização de métodos não permitidos, totalizando R$ 4.620 em multas.

Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama — Foto: Polícia Ambiental
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama — Foto: Polícia Ambiental
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama — Foto: Polícia Ambiental
Peixes foram apreendidos e doados para o Núcleo de Apoio aos Pacientes com Câncer de Panorama

FONTE: G1

Compartilhe