Compartilhe

A Polícia Militar desarticulou um esquema de venda de drogas no Jardim Paulista na tarde de ontem (7 de janeiro) e conseguiu apreender mais de dez quilos de drogas que seriam comercializadas em Palmital. A maior parte do entorpecente era de maconha, que estava distribuída em onze tijolos, dos quais dez estavam enterrado na área do antigo recinto da Fapip, no final da rua Laudelino Batista da Rocha.

Dois traficantes, um eletricista de 47 anos e um estudante de 21, foram presos e autuados em flagrante na Delegacia da Polícia Civil. Outros dois envolvidos no ato criminoso conseguiram fugir dos policias, mas foram identificados e devem ser responsabilizados pelo crime. Além da maconha, que totalizou 9.810,47 gramas, foram localizados 46 pinos de cocaína (39,86 gramas) e três pedras grandes de crack (289,77 gramas).

 

Os traficantes foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil, onde se reservaram no direito de ficar em silencio durante o interrogatório. O delegado Giovani Bertinatti ratificou a voz de prisão e solicitou a decretação da prisão preventiva dos acusados devido à gravidade do crime. Os presos foram levados para a Cadeia Pública de Lutécia e, na tarde desta terça-feira (8 de janeiro), devem ser apresentados para audiência de custódia no Fórum da Comarca.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO IMPRESSA DO JC

Compartilhe

Deixe uma resposta