PMs que agrediram moradores com cassetete invadiram festa de adolescente
Compartilhe

Policiais militares foram acionados após um colega que estava de folga ter se envolvido em confusão com vizinhos que celebravam aniversário de jovem de 16 anos. Vídeo mostra invasão e agressões na Vila Industrial.

Os policiais militares que aparecem em um vídeo invadindo uma casa na Vila Industrial em Bauru (SP) e agredindo pessoas que estavam no local interromperam a festa de aniversário de 16 anos da filha da dona do imóvel.

A confusão aconteceu neste sábado (2), a comerciante Jocimara Fabiano da Silva conta que a família comemorava o aniversário da filha e por volta das 18h, começou do lado de fora da casa uma discussão entre o vizinho, que é policial militar, e alguns convidados da festa.

Ela e o marido saíram da casa para ver o que estava acontecendo e acabaram discutindo também com o PM, que estava de folga.

Comerciante foi agredida com socos e cassetetes durante a abordagem dos policiais em Bauru — Foto: TV TEM/Reprodução
Comerciante foi agredida com socos e cassetetes durante a abordagem dos policiais em Bauru

“Ele estava alterado porque os meninos estavam fumando maconha em frente à casa dele. Eu também não concordo com isso, mas nós não sabíamos disso, quando meu esposo saiu para tentar conversar com ele, ele já estava todo alterado. E ele partiu para ignorância, para as ofensas, me insultou, falou palavras de baixo calão, conseguimos acalmar todo mundo, entramos, ele ficou xingando ainda do lado de fora, mas achamos que ia ficar tudo bem”, lembra.

No entanto, cerca de 10 minutos depois várias viaturas chegaram ao local e quando o marido da comerciante abriu o portão alguns policiais invadiram a casa e agrediram pessoas que estavam na festa.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que os policiais entram pelo portão da garagem, acompanhados do PM que é vizinho dos donos da casa e atingem as pessoas que estavam no local.

Jocimara foi atingida no rosto, nas costas e nas pernas. No dia seguinte, os hematomas estavam espalhados pelo corpo.

“Era muita polícia parecia que eles estavam invadindo a casa de um traficante de alta periculosidade. Eles entraram agrediram todo mundo. Foi uma coisa covarde, muito covardia. Bater em uma mulher já covardia, dentro da casa dela ainda. Eles entraram na minha casa, no meu quintal.”

Moradora foi atingida com cassetetes pelos policiais após a confusão em Bauru  — Foto: Arquivo pessoal
Moradora foi atingida com cassetetes pelos policiais após a confusão em Bauru

Segundo o marido da comerciante, em nenhum momento os policiais pediram para entrar na casa. Ainda de acordo com o casal, o vizinho começou as agressões. Nas imagens ele aparece junto com os policiais invadindo o imóvel.

“Enquanto eu conversava com um policial na frente de casa, eles invadiram batendo em todo mundo. Com arma em punho e tinha criança dentro de casa, na piscina. A gente quer justiça porque um cidadão desse não merece usar farda, ele fez toda a confusão e colocou os colegas de trabalho dele nisso.”

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que o caso é investigado pela Central de Polícia Judiciária de Bauru como abuso de autoridade e lesão corporal. Disse ainda que a equipe policial realiza diligências e os envolvidos prestarão depoimento nos próximos dias.

A nota esclarece ainda que Polícia Militar acompanha e apura os fatos por meio de IPM e que a PM não compactua com desvios de conduta de seus agentes.

Segundo o casal de comerciantes, quatro pessoas que foram agredidas foram levadas para o Pronto-socorro Central e uma delas precisou levar quatro pontos em um ferimento na testa. Os feridos passaram pelo corpo de delito e a corregedoria da Polícia Militar foi acionada.

Um dos feridos passou por atendimento no hospital em Bauru após ser atingido pelos policiais — Foto: Arquivo pessoal
Um dos feridos passou por atendimento no hospital em Bauru após ser atingido pelos policiais 

FONTE: G1

Compartilhe